A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

A história do Quadrifoglio Verde, o amuleto da sorte da Alfa Romeo

Hoje em dia é um fato natural e conhecido por praticamente qualquer entusiasta: Ferrari e Alfa Romeo têm uma forte ligação, visto que ambas pertencem à Fiat, que por sua vez agora é parte do Grupo FCA, que surgiu da fusão da Fiat com a Chrysler. O que menos gente sabe é que a ligação entre Ferrari e Alfa Romeo vem de muito, muito antes — lá dos anos 1920, quando "Ferrari" ainda estava longe de ser o nome da mais famosa fabricante de esportivos do planeta, sendo apenas o sobrenome de seu fundador. E, de qualquer forma, a Ferrari só começaria a fabricar automóveis de rua em 1947, quando foi lançada a Ferrari 125S, que usava um V12 de 1,5 litro. E Enzo só começou a vender caros de rua para poder bancar a Scuderia de competição. Ferrari no Alfa Romeo A nossa história, porém, começa bem antes disso. Na verdade, começa quando Enzo Ferrari era um jovem de 20 anos, e foi dispensado de servir ao exército italiano na Primeira Guerra Mundial por ser um dos que ficaram doentes

Matérias relacionadas

Adeus, Corvette C7: por que a última geração de motor dianteiro será um ícone para sempre?

Dalmo Hernandes

Misión Argentina: quando os Argentinos dominaram Nürburgring em uma corrida de 84 horas

Leonardo Contesini

O Fiat Uno EF argentino nos faz até esquecer o Uno Turbo

Dalmo Hernandes