A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

À venda: este Corcel Luxo 1975 pode ser seu primeiro project car

Ainda não penso em comprar um carro antigo para chamar de meu – ou melhor, encontrar sarna para me coçar. Mas, se um dia eu decidir fazê-lo, considero seriamente a possibilidade de comprar um Corcel de primeira geração. Há alguns motivos: ao menos por enquanto, ele ainda não “pegou preço”, sendo relativamente acessível levando em consideração o mercado atual. Ele é estiloso, tem mecânica conhecida e é conhecido por sua manutenção simples e robustez mecânica – não é por acaso que muitos Corcel e Belina da década de 1970 ainda estão na ativa, como carros de trabalho.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

Por mais que dirigir um carro antigo impecável, bem cuidado, talvez até restaurado com capricho, seja uma sensação deliciosa, parte da graça de ter um project car velhinho é justamente ter o que fazer nele. E, se você curte o Corcel, tem orçamento limitado para a compra de um carro antigo, e quer um carro que pode até te ajudar a aprender um pouco mais sobre a mecânica dos clássicos, nosso Achado meio Perdido de hoje (um tanto atrasado, é verdade) pode ser uma ótima.

A história do Corcel é bem conhecida: ele começou a ser desenvolvido no Brasil pela Willys-Overland, usando como base um projeto compartilhado com a Renault na Europa. No Velho Continente, o projeto deu origem ao Renault 12 – e, honestamente, nossa versão ficou bem mais elegante e melhor proporcionada. Quando a Ford brasileira, interessada no Jeep, comprou a Willys em 1967, o Corcel veio junto – e acabou se mostrando um bom negócio, visto que a Ford precisava mesmo de um carro compacto e barato no Brasil.

O Corcel foi lançado em 1968, inicialmente com motor 1.3 com comando no bloco, carburador simples e 68 cv. Uma versão de 80 cv deste motor foi apresentada em 1969 no Corcel GT, e em 1972 o Corcel GT XP estreou com um 1.4 de 85 cv. A partir de 1973, este motor foi adotado por todas as versões, e naquele ano o visual da dianteira também foi atualizado, com faróis maiores e inspiração no Mustang. Este visual foi usado até 1977, quando foi lançado o Corcel II, com a mesma plataforma, porém uma carroceria mais quadrada e larga.

O Corcel anunciado no GT40 é um exemplar de 1975 da versão Luxo, intermediária – o que, naquela época, não queria dizer que ela tinha um nível intermediário de equipamentos, mas sim que tinha itens de acabamento mais refinados, como o revestimento dos bancos e portas; porém não ao nível da versão de topo LDO (Luxuosa Decoração Opcional, segundo a Ford), que tinha teto de vinil, rodas iguais às do GT, imitação de madeira no painel e couro bicolor – marrom e bege – nos bancos e portas.

O proprietário, Leonardo Vargas, deixa claro que este não é um carro impecável, de coleção, mas sim um antigo em bom estado que tem suas qualidades e defeitos. Nos parece uma boa base para uma restauração completa, ou um carro para curtir aos fins de semana, resolvendo os detalhes aos poucos, não em busca de originalidade, mas da experiência de ter um clássico.

A pintura tem boa aparência, mas Leonardo diz que há alguns pequenos pontos de ferrugem na carroceria – nada que surpreenda em um carro de 40 anos que nunca foi restaurado por completo.

Ele também afirma que há outros detalhes no interior – embora os revestimentos sejam quase totalmente originais, um dos bancos dianteiros possui um pedaço de curvim fora do padrão, algo que Leonardo acredita ter origem em reparos feitos pelo dono anterior. Além disso, o motor “fuma” um pouco, o que exige um pouco de atenção após a compra.

Por outro lado, o carro já vem com pneus Firestone F700 novos, de medidas 175/70, calçando as rodas de 13 polegadas. E o Corcel também possui outras características dignas de nota, como o rádio AM/FM da década de 1980 funcionando perfeitamente, e o sistema de ventilação forçada original de fábrica que está em plena operação. O Corcel também é equipado com um sistema de escape 4×1 dimensionado fabricado na época.

Como você deve ter observado, este não é um carro impecável, de coleção, daqueles que até dá dó de usar na rua. Trata-se de um ponto de partida para um projeto – ou, colocando de outra forma, uma oportunidade para quem busca um carro antigo com estrutura íntegra, e um preço atraente, para ir recuperando aos poucos. Uma boa revisão é sempre uma boa ideia, bem como, se possível, uma inspeção presencial. Mas, a princípio, enxergamos potencial. Especialmente considerando o valor pedido.

Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Quer um clássico brasileiro dos anos 90? Este VW Apollo GLS muito original está à venda

Dalmo Hernandes

Viaje no tempo com esta Ferrari 308 GTS à venda no Brasil

Dalmo Hernandes

Um VW Logus Wolfsburg Edition modificado, bem conservado e honesto à venda

Dalmo Hernandes