FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Achamos um BMW 325e E30 à venda no Brasil! Quem se habilita?


Muitos consideram uma pena que a BMW só tenha dado início a suas importações oficiais em 1991 (até por que importações eram proibidas antes disso) — um ano depois que a geração E30 foi descontinuada na Europa. Não nos levem a mal: o E36 é um dos nossos carros favoritos e já o sugerimos muitas vezes como uma boa compra, inclusive. Só que a geração E30 é, sem dúvida, a mais clássica e, por isso, bastante desejada. Agora, a boa notícia: encontramos um bonito 325i E30 à venda no Brasil — será a oportunidade que você estava esperando?

A geração E30 do BMW Série 3 foi uma evolução técnica e estética do E21, e mantinha algumas de suas melhores características: baixo peso, ótimo visual e um comportamento dinâmico exemplar graças à suspensão independente nas quatro rodas — McPherson na dianteira e braços semi-arrastados na traseira, além da mecânica simples e robusta. Não é à toa que a geração E30 viu o nascimento do M3, modelo que nasceu como especial de homologação e se tornou referência entre os sedãs e cupês de alto desempenho.

3-series-e30 (1)

Mas você não precisa de um BMW M3 para se divertir com um E30 — quem te disse isto? Claro que um quatro-cilindros girador de, pelo menos, 2,3 litros e 195 cv (“pelo menos” porque, com os anos, versões mais potentes foram lançadas) deve ser o bicho de acelerar, mas toda a geração E30 é cultuada por gearheads ao redor do globo. E não é à toa.

Tome, por exemplo, o BMW 325e da geração E30. Lançado em 1982, o 325e (o “e” significa eta — que, em grego, quer dizer “eficiência”) tinha o maior motor disponível para o modelo: um seis-em-linha de 2,7 litros que, alimentado por um sistema de injeção Bosch Motronic, entregava 122 cv a 4.250 rpm e 23,5 mkgf de torque a 3.250 rpm.

3-series-e30 (11)

Não são números impressionantes, visto que o motor tinha o limite de giro bem baixo (4.800 rpm) para economizar combustível — bem como uma relação de diferencial bem conservadora, de 2,93. Por outro lado, o torque máximo chegava relativamente cedo, o que garantia a boa desenvoltura do carro na estrada. E você não compra um BMW pensando em aceleração em linha reta, não é?

O carro das fotos é um 325e E30 1986 de origem americana — se o anúncio no OLX não deixasse isto bem claro na descrição, os para-choques largos — feitos para evitar que o carro sofra qualquer dano em uma colisão a até 5 mph (8 km/h) que eram exigidos pelo código de trânsito americano na época — denunciariam.

3-series-e30 (13)

O anúncio ainda diz que o carro está muito bem conservado, ainda que com alguns detalhes de funilaria e pintura — certamente decorrentes do uso e da idade, visto que o carro já tem 106 mil milhas no hodômetro, o que dá mais ou menos 170 mil km. A carroceria aparenta estar bem alinhada e íntegra e o interior está muito bem conservado, talvez até mais que o lado de fora, e o mesmo pode ser dito do cofre do motor. Outro detalhe interessante diz respeito à suspensão, que recebeu amortecedores KYB e molas esportivas Vogtland.

Dá para ver que este BMW é muito bem cuidado e que os detalhes a fazer são mesmo de cunho estético. Mas quanto pedem por ele? O dono quer R$ 27.500, o que não é exatamente uma pechincha. Contudo, se levarmos em consideração as relativa raridade deste carro por aqui e o valor que modelos bem menos interessantes andam alcançando (bem mais do que isto), talvez seja a hora de deixar a razão um pouco de lado — algo que é especialmente verdade para quem sonhou a vida toda com um E30.

3-series-e30 (12)

O que você nos diz?

[ via OLX / Sugestão de Maximiliano Piccina ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora