A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Acredite: a Ferrari fez uma F40 com câmbio semi-automático

A Ferrari F40 é, sem dúvida, um dos superesportivos modernos mais puristas já feitos. O motor V8 biturbo de 2,9 litros e 478 cv (na versão italiana) é brutal, e precisa ser domado por quem sabe o que está fazendo. Não há nenhum tipo de assistência ao piloto, não há equipamentos de luxo ou conforto (com exceção do sistema de ar-condicionado). Aletas atrás do volante? Nada disso: o negócio aqui é câmbio manual com grelha e três pedais perfeitamente posicionados para realizar o punta-tacco. ' Acontece nem todas as 1.311 Ferrari F40 têm três pedais. Uma delas saiu com um câmbio automatizado, que aciona a embreagem sem exigir que o piloto faça isso. Troca-se as marchas normalmente, sem pisar no pedal da esquerda, porque o pedal da esquerda é o freio, que normalmente fica no meio, mas como este carro só tem dois pedais, então ele fica à esquerda. Você não precisa pisar nele para trocar a marcha. Espero que isto tenha ficado claro.   Este exemplar é conhecido como Fe

Matérias relacionadas

Honda Civic Si Turbo com kit Mugen: mais de 400 cv nas rodas e torque de V8 | FlatOut Midnight

Juliano Barata

Quando as fabricantes quebram suas tradições, para o bem e para o mal – parte 1

Dalmo Hernandes

Homem nu “estupra” carro em Minas Gerais, BMW apresenta novo Série 1, México supera Brasil em produção de veículos e mais

Leonardo Contesini