A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Acredite: existe um Fiat Punto Cabrio no Brasil. E ele está à venda!

Quem quiser ter um Fiat Punto Cabrio de primeira geração pode dar seu lance para comprar o acervo do Museo Bertone ou pedir a bênção a Giorgetto Giugiaro, mas as duas opções serão um bocado difíceis (e caras). Mais fácil do que isso pode ser ir atrás de um dos únicos Punto Cabrio de que temos notícia no Brasil. Ele está à venda e é a estrela do Achados Meio Perdidos de hoje.

Criado pelo famoso designer recém-aposentado, o Punto nasceu em 1993 para substituir o Uno na Itália. Dois anos depois de sua apresentação, em 1995, ele ganhou o prêmio de Carro Europeu do Ano.

Fiat-Punto-Cabrio-1

Suas soluções de estilo, como as lanternas traseiras altas e as linhas limpas, o tornavam diferente de praticamente tudo à venda na época. Apesar de compacto, com apenas 3,76 m de comprimento, ele tinha ótimos 2,45 m de entre-eixos, o que garantia amplo espaço interno. Ele ainda tinha 1,63 m de largura e 1,45 m de altura. Pesava apenas 830 kg em sua versão 1.1.

Fiat-Punto-Cabrio-2

O modelo mais pesado da linha era o Cabrio, com 1.070 kg. Suas lanternas, até por conta da capota, eram convencionais e, ao contrário da versão fechada, ele era fabricado pela Bertone, a exemplo do que acontecia com outros modelos conversíveis nos quais o estúdio de design se especializou, como o Kadett.

Fiat-Punto-Cabrio-4

O Cabrio era oferecido em duas opções de acabamento, ELX e SX, e vinha apenas com o motor 1.6 MPI de 91 cv a 5.750 rpm, substituído em 1995 pelo motor 1.2 Fire de 86 cv a 6.000 rpm. Foram vendidas 55.000 unidades do conversível de 1994 a 2000. Sua capota podia ser manual ou elétrica, o que o tornava um dos carros mais baratos do mundo com essa opção.

Fiat-Punto-Cabrio-10

O Punto Cabrio que encontramos tem uma história interessante. Da versão ELX e 1995, ele deve ter sido um dos últimos daquele ano a sair com motor 1.6. Veio para o Brasil quando sua proprietária original, uma senhora italiana, se casou com um brasileiro e o trouxe para cá em 2000. Hoje, ele está em seu terceiro dono.

Fiat-Punto-Cabrio-9

Equipado com capota elétrica, azul, para combinar com a carroceria, ele tem emblemas da Bertone por todo o carro. Os bancos são de couro e ele também tem direção hidráulica e ar-condicionado. Maurício diz que, além do Cabrio dele, há notícia de apenas um outro por aqui. Provavelmente alguém vai dar conta dele em nossos comentários.

Fiat-Punto-Cabrio-5

O carro foi comprado em junho de 2013 em Curitiba e veio com alguns extras, como engate reboque removível, dois triângulos de segurança, obrigatórios na Europa, e um estojo de primeiros socorros completão. A placa, original de Florença, estava no porta-malas.

 

Fiat-Punto-Cabrio-11

Segundo Maurício, o Punto Cabrio nunca foi batido. Está com câmbio e motor em perfeito estado, recentemente revisados. O 1.6 seria igual ao do Palio nacional, de acordo com o proprietário, o que facilita a manutenção. Hoje, ele está com 105 mil km. Quando pegou o Punto, o carro apresentava falhas. Maurício atualizou a ECU e a mudou de lugar. Aparentemente, o evaporador do ar-condicionado gerava umidade no conjunto. Maurício a mudou de lugar e nunca mais teve problemas.

Fiat-Punto-Cabrio-7

A pintura da carroceria está em bom estado, mas Maurício planejava repintar os para-choques. Eles apresentam algumas marcas e as borrachas, pintadas de azul, descascam fácil. Depois de repintá-los, o vendedor estava pensando em substituir as borrachas por outras, novas, as mesmas do Palio. Mas ele preferiu vender o carro. Isso, portanto, fica a critério de quem o comprar.

Fiat-Punto-Cabrio-3

Além disso, também será preciso substituir o plástico traseiro da capota, que oxidou, um serviço que, em Curitiba, sai por cerca de R$ 400, segundo Maurício. Descontando o sistema de som, um Sony Exploit, tudo o mais é original de fábrica. A documentação e o seguro 2015 estão pagos.

Fiat-Punto-Cabrio-6

Pela raridade, Maurício pede R$ 33.000. É o preço de um 1.0 novo, mas estes estão disponíveis aos montes em qualquer concessionária. Do Punto Cabrio, como já dissemos, só tem um outro perdido por esse Brasi. Para quem quer um modelo exclusivo, pode ser um preço baixo a pagar. O vendedor aguarda o contato dos interessados pelo link abaixo.

 

[ OLX ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Turbo, câmbio manual e tração integral: este raríssimo BMW 335i xDrive está a venda no Brasil!

Gustavo Henrique Ruffo

Você não vai encontrar outro VW Voyage 1982 tão bem conservado por este preço

Dalmo Hernandes

Nem Impreza, nem Legacy: o negócio é comprar este Subaru SVX

Dalmo Hernandes