A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Aos fãs de Subaru: este raro Impreza GT “STI” está impecável — e à venda

Não é necessário reafirmar que o Subaru Impreza — especialmente as variações WRX e STI — é um dos carros com maior base de fãs no mundo todo, mas ele é. Naturalmente, o Brasil não é exceção, mas o Impreza não é um carro tão comum por aqui quanto nos EUA ou no Japão. Os primeiros modelos, importados no início da década de 90, são especialmente raros.

impreza (abre)

O Impreza foi importado em várias versões, com motores 1.6, 1.8 e 2.0 (este último, podendo ser turbinado) e tração dianteira ou integral. Destes, o Impreza GT é um dos mais cobiçados, com motor 2.0 turbo e tração integral — e apenas 100 unidades chegaram a solo brasileiro.

O carro das fotos é um deles — e, segundo seu dono, é ainda mais raro por causa da cor branca: apenas quatro unidades nesta configuração vieram para o Brasil. E agora ele está à venda!

impreza (3)

O dono do carro comprou-o há cerca de dois anos e meio e, desde o início, a ideia era caracterizá-lo como o Impreza WRX STI Type RA, comercializado no Japão entre 1997 e 1998. Para isto, ele começou a procurar peças pela Internet. Aos poucos, foi conseguindo trazer de fora — Inglaterra, Japão, Paraguai — sempre peças legítimas Subaru.

Entre as peças instaladas estão capas dos faróis auxiliares, lanternas traseiras, aerofólio com brake light, para-barros e o logo WRX na tampa do porta-malas, além da barra estrutural dianteira de fibra de carbono e do painel de instrumentos com conta-giros central e velocímetro que marca até 180 km/h, disponível apenas no mercado doméstico japonês. Uma concessão interessante são os manômetros de pressão da turbina, temperatura de óleo e voltímetro, originais do Skyline R32.

Outros itens que garantem um toque de exclusividade são o volante e a manopla do câmbio, fabricados pela Momo e originais do Impreza GT 2000 (este carro é de 1998).

O motor, por outro lado, permanece com os 208 cv originais — o único componente mecânico alterado foi a saída de escapamento, que foi substituída por uma de inox. A manutenção ao longo do período em que esteve com o carro carro foi feita rigorosamente com componentes originais — cabos de vela, correia dentada, tensores, bomba d’água, filtros e fluidos, além de  O radiador também é novo, e a manutenção foi realizada, em sua maioria, pelo próprio dono. Os freios são do Impreza WRX 2001, com discos ventilados e slotados e pinças de quatro pistões na frente e dois pistões atrás.

O carro está extremamente bem conservado — a pintura da lataria é original, apenas com retoques nos para-choques e no capô — e a caracterização ficou bastante fiel, ainda que não idêntica.

impreza (4)

O Impreza não é utilizado todos os dias, apenas para passeios em fins de semana, e já participou de dois track days — e o dono garante que o desempenho do motor original é o suficiente para empolgar. No total, o hodômetro marca cerca de 120 mil km — número razoável para um carro com 14 anos de idade.

“Se o carro é tão bom, por que ele está vendendo?” Segundo o proprietário, a razão para  a venda é exatamente a impossibilidade de curtir o carro como se deve — ele mora longe do trabalho e precisa deixar o Impreza guardado. Como falta espaço para dois carros, a solução encontrada foi a venda.

E quanto ele quer por ele? É agora que este carro pode gerar polêmica, por que o bom gosto na personalização é indiscutível: R$ 45 mil. Não é exatamente uma pechincha, e um Impreza bem conservado da mesma época pode sair por até quatro vezes menos. Contudo, a raridade da versão em questão, o nível dos cuidados com o carro e a personalização com componentes originais podem justificar esta cifra.

 

O que você acha?

impreza (1)

[ Mercado Livre. Foto: Fernando Bozza/O Papo é Carro ] 

 

Matérias relacionadas

Este Peugeot 205 Cabriolet é raríssimo no Brasil, só teve um dono e está à venda

Dalmo Hernandes

Chevectra 2.0 16v: este Chevette é um sleeper de 141 cv – e ele está à venda

Leonardo Contesini

Nissan 300ZX Turbo: sua chance de comprar um carro igual ao do ninja Jiraiya

Leonardo Contesini