A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Bimota: a história das motos fora-de-série que quebraram paradigmas – parte 1

Por mais que todo mundo aqui curta automóveis, que são a essência do nosso site, uma demanda de vocês, caros leitores, é que o FlatOut também fale do mundo das motocicletas. E, no fim das contas, a gente gosta mesmo é de máquinas motorizadas – por mais que sejam mundos diferentes, motos e carros se complementam. Basta ver que existem fabricantes de automóveis importantíssimas que em algum momento de sua história investiram nas motos. E algumas atuam nas duas frentes, como a BMW. É graças a esta interação com vocês que seguimos tendo novas ideias e abordando temas, e é por isso que vamos retribuir. Mas não vamos falar da BMW, ao menos não hoje. Em vez disso, vamos contar a história de outra fabricante – uma empresa italiana que fabrica exclusivamente motocicletas: a Bimota. A fabricante foi fundada na Itália em 1966 por Valerio Bianchi, Giuseppe Morri e Massimo Tamburini, e batizada com as primeiras sílabas dos sobrenomes dos três: Bianchi Motti Tamburini. Mas eles não

Matérias relacionadas

Mustang pode ganhar versão híbrida 4WD, Porsche GT3 aparece sem disfarces, Bentley 1929 voltará a ser fabricado e mais!

A evolução do Civic Type R: de leveza e agilidade à selvageria turbinada

Dalmo Hernandes

GTE e LM: como a Ferrari transformou a F40 em um carro de corrida

Dalmo Hernandes