A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Black Beetle e SVL: quando EUA e União Soviética decidiram fazer trens movidos a jato

Esse negócio aí em cima é exatamente o que você está pensando: um trem movido por motores a jato. Um não: dois. Um trem americano chamado M-497, e um trem soviético chamado SVL, para ser mais exato. Houve uma época, entre o fim dos anos 1950 e o início dos anos 1960, em que as pessoas acreditaram que o futuro seria movido por esses motores. A Chrysler fez um carro a jato, a de Havilland fez um avião a jato, a Hanna-Barbera fez uma família a jato. Por que não fazer um trem a jato? Essa história dos jatos começou um pouco antes, ainda durante a Segunda Guerra Mundial quando os motores a jato começaram a ser usados em aviões de caça. A Segunda Guerra, aliás, é o ponto de partida de todos os elementos desta história. É tão fascinante que a gente até esquece que quase 75 milhões de pessoas morreram por ela. Como você sabe, EUA e URSS lutaram juntos contra o nazifascismo europeu e derrotaram Adolf Hitler e seu amigo italiano Benito Mussolini, ap

Matérias relacionadas

Mercedes-AMG GT Black Series finalmente é lançado, Wrangler ganha versão híbrida, Porsche 935 em Pikes Peak e mais!

Leonardo Contesini

Marlboro: o “cigarro saudável” que ajudou a escrever a história do automobilismo

Leonardo Contesini

A Porsche não fez nenhum 911 GT3 RS com câmbio manual… mas esse cara fez!

Dalmo Hernandes