A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Como um funcionário da BMW inventou sozinho a perua da Série 3

Foto: bennorz/Flickr Há exatos 40 anos, em maio de 1975, a BMW colocou pela primeira vez na rua o modelo que se tornaria seu maior sucesso de vendas na história: o Série 3. Com visual acertado, ainda sob influência direta da Neue Klasse de cupês e sedãs lançada em 1962, o chamado Série 3 E21 era um cupê de linhas sóbrias e harmônicas, com três volumes bem definidos e proporções agradáveis — além, é claro, da grade "duplo rim" dos BMW e da característica Hofmeister kink, a pequena curva na base das janelas laterais traseiras. Seguindo a mesma filosofia que tornou a Neue Klasse um sucesso (em especial, o modelo 2002, referência em design, robustez e comportamento dinâmico), o E21 também trazia um interior mais seguro, com ausência total de cantos vivos e objetos pontiagudos, além do painel com todos os controles voltados ao motorista, filosofia que seria adotada em todas as outras gerações que se seguiram. Naturalmen

Matérias relacionadas

Motores lendários: Lamborghini V12

Marco Antônio Oliveira

Como dirigir sem carteira de habilitação dentro da lei… na Suécia

Dalmo Hernandes

MC5: o nascimento do rock incendiado por gasolina

Dalmo Hernandes