A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Doppio Corpo: a história dos carburadores Weber

Você sabe o que o Shelby Cobra, a Ferrari 250 GTO, o Lamborghini Miura, o Jaguar D-Type, o Aston Martin DBR e o Mercedes 190SL têm em comum — além do fato de serem todos esportivos? Todos eles são alimentados por carburadores Weber. E isso não é uma coincidência. No final dos anos 1920 um italiano chamado Edoardo Weber,que já fabricava carburadores desde 1914, desenvolveu um conceito diferente daquele conhecido desde o final do século 19, quando Karl Benz criou o primeiro carburador para motores automobilísticos. Em vez de um único corpo de borboleta, Weber dividiu a abertura em duas partes simétricas, formando um corpo duplo com dois dutos mais estreitos. Com isso cada corpo alimentaria um cilindro do motor com um fluxo maior de ar. Estes primeiros carburadores de corpo duplo foram usados nos carros de corrida da Fiat e Maserati. Com uma ajuda dos bons pilotos ao volante destes carros, os resultados vieram e trouxeram fama aos c

Matérias relacionadas

Este cara realizou o sonho de todo entusiasta e construiu uma pista de drift no quintal de casa

Dalmo Hernandes

Quando a Mercedes-Benz fez um Fusca (ou quase isso)

Leonardo Contesini

Tesla Model 3: as primeiras impressões do carro que pode virar o jogo para os elétricos

Dalmo Hernandes