A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Elo perdido: os 30 anos da Ferrari 288 GTO Evoluzione, a mãe da F40 que nunca competiu

Foto: Autowp.ru Não faz muito tempo (na verdade, faz pouco mais de 24 horas) que fizemos um breve, porém intenso passeio pelas gerações dos supercarros topo-de-linha da Ferrari: 288 GTO, F40, F50, Enzo e LaFerrari. Foi épico, mas os mais atentos (e fanáticos) talvez tenham sentido falta de um modelo — o elo perdido entre a 288 GTO e a F40, do qual só fizeram cinco unidades, ou seis contando com o primeiro protótipo: a 288 GTO Evoluzione. A 288 GTO Evoluzione poderia muito bem não ter existido. Talvez você já saiba, talvez não, mas em todo caso: a 288 GTO, primeiro flagship da marca a ter o tradicional layout dos supercarros (iniciado, de acordo com especialistas, com o Lamborghini Miura em 1966) — motor em posição central traseira, tração nas rodas de trás e formato de cunha na carroceria. A 288 GTO foi uma evolução da 308 GTB, algo que fica evidente ao observar suas linhas (a GTO é mais encorpada e imponente, claro, mas o visual está ali). O motor era um V8 de 2,9 li

Matérias relacionadas

Jeep in a crate: é verdade que dá para comprar um Jeep militar em uma caixa por US$ 50?

Dalmo Hernandes

A história do Fusca que atravessou o mundo três vezes — e continua rodando

Dalmo Hernandes

Comece o dia com esta seleção matadora de vídeos de drift

Dalmo Hernandes