FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Espanhol com sangue alemão, este Seat Ibiza “GTI” pode ser seu novo projeto


É preciso admitir: talvez uma das marcas com mais fãs entre os entusiastas brasileiros seja a Volkswagen — é só lembrar do tamanho da cena de Volks modificados e preparados ou da popularidade do motor AP. Gosta de VW mas que um carro diferente, porém com a mesma mecânica conhecida e ainda por cima um preço legal? Então este Seat Ibiza “GTI” pode ser o carro para você.

A Seat teve uma breve atuação no Brasil e ntre 1995 e 2002, vendendo por aqui o Ibiza (hatch) e o Cordoba (sedã), ambos importados da Espanha, além do furgão Inca. Clones do Polo Classic, fabricado na Argentina e lançado no Brasil em 1996, tinham proposta esportiva e eram equipados com o 1,8 litro, em uma versão com injeção monoponto e 90 cv — exatamente igual ao do Golf GL na época (o Polo tinha injeção multiponto e 97 cv).

Diferentemente do Polo, que veio para substituir o Voyage, o Cordoba e o Ibiza tinham uma proposta mais esportiva, embora mecanicamente não se diferenciassem  dos VW — apelo estava mais no visual do que em qualquer outra coisa.

ibiza_gti (3)

No início, os Seat eram vendidos nas concessionárias VW, e depois ganharam uma rede de concessionárias própria. Em 2000, uma reestilização trouxe novos faróis, grade e lanternas, além de um interior bem mais moderno e da adoção do motor 1.6 SR de 101 cv, usado no então novo Golf de quarta geração, e do 1.0 16v do Gol no Ibiza . Outra novidade era a versão perua do Cordoba, chamada Vario. Mas já em 2002, com vendas baixas, a marca deixou o País.

Hoje em dia os Seat são carros mais baratos que os VW da mesma época, e não é tão raro encontrar um deles em bom estado. Contudo, faróis, lanternas e algumas peças de acabamento não são fáceis de achar — o que não torna este Seat Ibiza 1997 vermelho que encontramos à venda menos interessante.

Trata-se de um hatch na rara configuração de duas portas que, segundo o dono, recebeu o kit estético do Ibiza GTI europeu, que inclui spoilers dianteiro e traseiro, saias laterais e para-choque dianteiro com faróis auxiliares. O vendedor conta que o carro nunca bateu, é lacrado, e que a pintura só foi refeita para cobrir alguns detalhes do tempo.

ibiza_gti (4) ibiza_gti (5)

O interior também recebeu tratamento especial, com os bancos Recaro do Ibiza GTi, incluindo tecidos nas portas com o mesmo padrão. Olhando, parece original de fábrica. O anunciante diz ser o terceiro dono do carro, e também que fez uma revisão completa no motor, trocando cabeçote, anéis, bronzinas e juntas, porém com peças originais “nada de retífica”, e foi instalado o sistema de escape do Ibiza GTI. Outro detalhe legal são as rodas, que o dono diz serem BBS originais modelo Pininfarina, calçadas com pneus 195/55 R15.

As modificações ficaram bem feitas e são apropriadas, visto que até hoje a Seat investe em versões esportivas para o Ibiza — como o Cupra, que há algumas semanas se tornou o carro de tração dianteira mais rápido em Nürburgring Nordschleife. Este pode não ser um foguete como sua versão europeia mais recente, mas certamente tem potencial.

ibiza_gti (1)

O preço pedido é de R$ 13 mil. Não é um exagero, mas também não é uma pechincha — normalmente os bons exemplares do Ibiza/Cordoba custam menos de R$ 10 mil. Contudo, o estado de conservação e as modificações podem tornar este carro uma opção interessante para quem quer fugir do lugar comum sem se preocupar com mecânica complicada.

O que você acha?

[ Sugestão de post: Rafa4Fun via Bom Negócio ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora