A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados Zero a 300

Esta bonita Ferrari 308 GTBi 1980 está à venda no Brasil

Nesta semana a Ferrari apresentou a mais nova versão da 488, seu modelo com motor V8 central-traseiro. A Ferrari 488 Pista é a versão de track day da 488 GTB, com impressionantes 720 cv em seu motor V8 biturbo de 3,9 litros – o oito-cilindros de rua mais potente da história da marca. É incrível pensar na evolução da linhagem, especialmente considerando que a ancestral mais antiga da 488 Pista, a Ferrari 308, era um carro muito mais analógico. Se você curte mesmo as Ferrari old school, vai curtir este exemplar de 1980 da Ferrari 308 GTBi que está anunciado no GT40.

A Ferrari 308 GTB foi lançada em 1975 como sucessora da Ferrari Dino 246, que era o modelo de entrada da Ferrari desde 1968. Embora utilizasse uma estrutura tubular muito parecida com a da Dino, a 308 tinha visual completamente diferente, com carroceria mais angulosa e moderna, e pela primeira vez trazia um motor V8 atrás dos bancos: a Dino era movida por um V6. Curiosidade: ambas foram projetadas pelo mesmo designer do estúdio Pininfarina, Leonardo Fioravanti.

img_163456_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

O motor V8 Dino tinha diâmetro e curso de 81×71 mm, para um deslocamento total de 2.927 cm³. A Ferrari arredondou o deslocamento para três litros na hora de batizar o carro – 308 sugere que o carro tem motor 3.0 de oito cilindros. Na prática, porém, o motor é um V8 de 2,9 litros. Com cabeçote de duas válvulas por cilindro, ele era capaz de entregar 255 cv a 6.600 rpm na versão europeia, e 240 cv à mesma rotação na versão destinada ao mercado americano, obrigatoriamente equipada com catalisador.

img_163448_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

Os exemplares da 308 GTB fabricados até 1977 tinham carroceria de fibra de vidro (vetroresina em italiano), enquanto os que vieram depois tinham carroceria de aço. Os carros de fibra de vidro pesavam 1.050 kg em ordem, enquanto os carros de metal pesavam cerca de 150 kg a mais. Em 1977 foi apresentada a Ferrari 308 GTS, com teto targa removível e carroceria de aço.

Até 1980 foram fabricados 3.219 exemplares da 308 GTS e 2.897 exemplares da 308 GTB, sendo que apenas 808 carros tinham carroceria de fibra de vidro.

img_165088_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

Para  a Ferrari decidiu substituir o carburador por um sistema de injeção mecânica Bosch K-Jetronic, com o intuito de reduzir a emissão de poluentes. O resultado foi uma sensivel queda de potência para 217 cv na versão europeia e 208 cv na versão americana – que ainda era capaz de ir de zero a 100 km/h em pouco mais de sete segundos, com velocidade máxima de 240 km/h. Os carro também mudou de nome, passando a se chamar 308 GTBi na versão fechada e 308 GTSi na versão conversível É este o caso do exemplar anunciado no GT40, que está à venda na Universo Marx, em São Paulo/SP.

img_163432_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

De acordo com o anunciante, o carro está em excelente estado de conservação e integridade. O interior de couro preto está com ótima aparência e a carroceria, que não apresenta nenhum sinal de corrosão, teve a pintura refeita na vermelha original cor original. Os detalhes de acabamento externo são originais – lembrando que este é um exemplar vindo dos Estados Unidos e que, por isto, tem para-choques mais salientes e repetidores dos piscas nos para-lamas.

img_163460_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3 img_163420_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

Os vidros são originais Saint-Gobain e as lanternas e piscas são da Carello. O painel de instrumentos também é original e está em perfeito estado de funcionamento, segundo o vendedor. Este exemplar está equipado com rodas de 14 polegadas Campagnolo italianas (um dos opcionais eram as rodas de 16 polegadas), que abrigam freios a disco na dianteira e na traseira.

img_163416_4_aa69eb35-7e0c-4a81-b211-a88cf5183bb3

 

O carro está em plena condição de funcionamento e parece mesmo muito bem conservado. O preço pedido está interessante, considerando que um exemplar da 308 GTBi pouco rodado como este (são 31.000 km marcados no hodômetro) não sai por menos de US$ 80.000 (R$ 250.000) e que custo de importação costuma dobrar este valor.

Se você ficoi interessado, basta clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do vendedor.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Os melhores carros de polícia que existem (e não existem) – parte 1

Dalmo Hernandes

Ford Corcel, 50 anos: as versões mais bacanas do clássico brasileiro

Dalmo Hernandes

777 km/h em Bonneville – um novo recorde mundial de velocidade acaba de ser quebrado

Dalmo Hernandes