A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Esta Kombi Clipper 1997 pode ser seu passaporte para o mundo dos aircooled

Os Volkswagen aircooled são uma escolha popular como primeiro carro antigo por algumas razões simples. Eles venderam muito, então há sempre muitas opções; são carros de mecânica simples, com componentes fáceis de encontrar; e ainda existem exemplares acessíveis, que não vão demandar um investimento inicial muito alto (considerando os gastos que virão depois). E eles seguem como uma boa forma de aprender mecânica, pois existem vários serviços que os novatos mais corajosos podem fazer por conta própria – e aprender errando.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

 

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

É claro que existem carros impecáveis, sobreviventes e restaurados, que podem custar bem caro – para lá dos R$ 50.000. Mas, escolhendo o carro certo e fazendo concessões, dá para chegar a alguns candidatos interessantes.

Por exemplo: se você quer uma Kombi aircooled, esqueça as famosas “Corujinhas” de primeira geração – elas já se tornaram produto de exportação no Brasil, sendo vendidas para entusiastas europeus e americanos, que vão restaurá-las ou comprar um carro já pronto. Assim, a oferta diminui e, inevitavelmente, os preços sobem. Por outro lado, as Kombi de segunda fase, chamadas Kombi Clipper, podem ser uma alternativa interessantíssima.

As Kombi Clipper foram produzidas entre 1976 e 1997. Naturalmente os exemplares mais antigos, especialmente da década de 1970, são os mais procurados – e, por isso, mais caros. Já entre as Kombi da década de 1990 – muitas das quais ainda são usados para trabalho regularmente – ainda é possível encontrar unidades em bom estado na faixa dos R$ 10.000.

É o caso do nosso Achado meio Perdido de hoje: uma Kombi Clipper fabricada em 1997, último ano antes da adoção do teto alto e das portas corrediças – assim, a Clipper ainda preserva parte do charme das primeiras Kombi.

O motor usado era o boxer 1600, que na época entregava 54 cv e 11 kgfm de torque, moderados por um câmbio de quatro marchas – um conjunto antigo que foi conservado até 2007, quando foi adotado o motor 1.4 de arrefecimento líquido. Segundo o proprietário, a Kombi está com a mecânica em dia e em pleno funcionamento, assim como os sistemas de suspensão, estrutura, carroceria e funilaria. É possível notar alguns sinais de desgaste, especialmente no interior, mas o estado geral do veículo parece bom.

A Kombi deixou de ser fabricada apenas em 2013, sete anos atrás – o que significa que encontrar peças para manutenção não deve ser problema. Em especial componentes dos freios, suspensão e acabamentos internos, que foram os mesmos por décadas.

Se o intuito é ter a experiência ao volante de um aircooled clássico, uma Kombi Clipper não deve nada às mais antigas – a condução orgânica, sem interferências, com o ronco característico do boxer de quatro cilindros da Volkswagen invadindo a cabine junto com o cheiro de combustão. E esta unidade pode ser um ótimo ponto de partida para uma restauração abrangente ou mesmo como um daqueles “projetos eternos” para ocupar seu final de semana – fazendo pequenos reparos e melhorias em um e curtindo ao volante em outros. Até para motorhome ela tem potencial.

Além disso, a Kombi Clipper é uma forte candidata a valorizar vertiginosamente nos próximos anos. Então, o momento de comprar um exemplar por um preço mais em conta é este.

O anunciante diz que a Kombi está com a documentação em dia e já com a placa Mercosul. Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Este é um BMW M3 Evo, com motor de 321 cv, original e bem cuidado. Quer comprar?

Dalmo Hernandes

Um Dodge Dart De Luxo muito íntegro e com motor V8 Magnum de 230 cv à venda

Dalmo Hernandes

Este Honda Accord EX 1992 está conservadíssimo e à venda

Dalmo Hernandes