A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este Escort XR3 Azul Caribe está à venda

Imagine que você sempre quis um Escort XR3 Mk4, leu o Guia de Compra que publicamos no fim de 2020, e não se deixou abalar com as recentes notícias sobre a Ford no Brasil. Afinal, o XR3 é um carro colecionável importantíssimo para a história da indústria brasileira, e do próprio automóvel no Brasil. Embora, em termos de esportividade pura, sempre tenha ficado atrás do rival Gol GTi, seu projeto mais refinado atraiu aqueles que buscavam mais espaço, conforto e equipamentos. Era mais uma questão de gosto do que qualquer outra coisa.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

A fase Mk4 é, possivelmente, a mais cobiçada – em especial os exemplares produzidos após a fusão da Ford com a Volkswagen, que receberam o icônico motor AP 1.8 de 99 cv (o mesmo do Gol GTS, com algumas pequenas diferenças). Mais ainda se for um exemplar em uma cor rara ou dotado de equipamentos não muito comuns. E é exatamente este o caso do nosso Achado meio Perdido de hoje – que, claro, está anunciado no GT40.

O Escort XR3 das fotos pertence a Leonardo Lima, que mora em Belo Horizonte (MG). Leonardo sempre gostou do esportivo da Ford e procurava um carro íntegro, com bom nível de originalidade, que precisasse de apenas um pouco de atenção e carinho para ficar perfeito. Ele conseguiu comprar um carro exatamente assim há pouco tempo.

Seu XR3, fabricado em 1989 (modelo 1990), veio na desejada tonalidade Azul Caribe – uma cor com efeito perolizado que se tornaria tendência na década de se iniciava. Ele também é equipado com teto solar, outro elemento que costuma valorizar estes carros.

 

Leonardo afirma que praticamente todos os itens de acabamento e componentes mecânicos são originais – o que inclui rodas, emblemas, motor e câmbio, faróis e lanternas e tapeçaria. As exceções são o rádio, um toca-fitas Albatroz que, embora não seja item de fábrica, é um acessório comum da época; e a pintura externa, que foi refeita. Não houve restauração na estrutura: o carro está íntegro e bem alinhado, com todos os lacres de quando saiu da linha de montagem.

O mesmo vale para a tapeçaria, que apesar de apresentar algumas poucas marcas do tempo comuns a estes carros, também é completamente original e, de forma geral, está com ótima aparência.

Quanto há mecânica, não há segredos: o AP 1.8 está com a manutenção em dia e funcionando perfeitamente, a suspensão está revisada e os freios estão em ordem, bem como o sistema elétrico. A ideia era ter um carro bem conservado, completamente funcional e sem surpresas.

O hodômetro marca 80.000 km. Como o mostrador só tem cinco dígitos (costume que a Ford manteve por muito tempo), não há como verificar se o mesmo já virou alguma vez. Contudo, pelo estado de conservação do carro, especialmente no interior, não é implausível imaginar que esta seja mesmo a quilometragem original.

O próximo passo – enquanto o carro não é vendido, ao menos – é agendar a vistoria da placa preta (que já não é mais preta, mas continua sendo chamada assim). Leonardo diz que pretendia fazê-lo antes mas o processo foi atrasado por conta da pandemia. Agora, porém, ele aguarda uma resposta do Veteran Car Club de Belo Horizonte para os próximos dias.

O valor pedido está dentro da média para os exemplares melhor conservados e mais originais. Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e entrar em contato com o proprietário.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Este Mitsubishi 3000GT com menos de 25.000 km já foi do Maluf – e está à venda

Gustavo Henrique Ruffo

Eis um Chevrolet Calibra bem cuidado e cheio de potencial – que está à venda

Dalmo Hernandes

Que tal este Chevrolet Corvette C4 com câmbio manual que está à venda no Brasil?

Dalmo Hernandes