FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este Mercedes-Benz SL63 AMG é um legítimo muscle car alemão à venda no Brasil


Muito se evoca o Mercedes-Benz C63 AMG da geração W204 quando a intenção é relembrar o passado glorioso dos esportivos com motor V8. Até nós mesmos já fizemos isso: parece que foi ontem mesmo que o Juliano Barata contou sua experiência no antológico Blackened. Foi uma das primeiras matérias especiais do FlatOut – uma despedida, na verdade, já que o C63 bavia acabado de sair de linha. Pois é, pessoal: ainda está fresco na memória, mas já faz pouco mais de sete anos.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. Acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

Acontece que essa atenção toda ao C63 W204 é um tanto injusta com outro Mercedes AMG da mesma época – o SL63 AMG R230, que usava o mesmo V8 aspirado do C63, porém em uma carroceria conversível de teto rígido. Se o C63 é considerado um legítimo muscle car germânico, o SL63 merece a mesma fama. E ainda pode ser curtido a céu aberto.

Falamos tudo isso – sim, você adivinhou – porque o SL 63 AMG é o nosso Achado meio Perdido da semana, anunciado no GT40. Se você está em busca de um V8 moderno e quer algo diferente de  um Camaro ou Mustang, ele pode ser uma excelente alternativa.

O Mercedes-Benz SL da geração R230 é herdeiro legítimo do 300SL da década de 1950 – o famoso Gullwing, ou “asa de gaivota”, com construção em alumínio projeto nascido nas pistas. Com o passar dos anos, o SL foi ficando cada vez mais próximo de um grand tourer. Ou seja, um carro confortável e potente, feito sob medida para curtir as Autobahnen alemãs.

Lançado em 2001, o SL R230 veio ao mundo com os faróis arredondados duplos que eram a cara da Mercedes-Benz na época. Mas ele teve uma vida longa – foi produzido até 2011, com duas reestilizações. A primeira, de 2006, foi bastante leve: apenas novos para-choques e detalhes menores. Dois anos depois, em 2008, veio uma mudança mais profunda, com uma identidade visual modernizada, mais retilínea e agressiva.

O facelift trouxe consigo o SL63 AMG, que aproveitava o V8 de 6,2 litros do C63 – o M156, calibrado para entregar nada menos que 525 cv a 6.800 rpm e 64,2 kgfm de torque a 5.250 rpm. Era ligado a uma caixa automática AMG Speedshift de sete marchas, com aletas atrás do volante. O conjunto é capaz de levar o SL63 AMG de zero a 100 km/h em 4,6 segundos, com máxima limitada eletronicamente em 250 km/h.

O exemplar anunciado no GT40 foi fabricado em 2008 e, segundo o proprietário, rodou cerca de 24.000 km nos últimos 13 anos – na média pra veículos exclusivos como este. Ele ressalta que o carro está em perfeitas condições, por dentro e por fora, e com pneus Yokohama novos – os Michelin Pilot Sport 2 originais de fábrica foram guardados. Não foram feitas outras modificações: o carro está exatamente como veio de fábrica, incluindo o escape com ponteira quádrupla, as rodas e demais itens de acabamento interno e externo.

Apesar dos 13 anos de idade, ele conta com tudo o que se espera de um automóvel moderno – exceto, talvez, por assistências semi-autônoma. E pode ser uma alternativa interessante, por exemplo, ao Ford Mustang zero quilômetro: custa pouco menos que ele, com um motor mais potente e, claro, a estrela de três pontas na grade.

Se você ficou interessado, clique aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do vendedor.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora