FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este Peugeot 306 S16 pode ser seu novo hot hatch francês


Da avalanche de carros importados que desembarcaram no Brasil a partir de 1990, o Peugeot 306 não está entre os mais lembrados pela maioria das pessoas — o que é um pouco injusto, pois ele era um carro bastante competente. Contudo, ele tem lugar reservado nos sonhos de muitos entusiastas, principalmente graças à versão esportiva S16. E foi justamente um S16 muito bem conservado que encontramos à venda.

O Peugeot 306 foi lançado em 1993 na Europa e no ano seguinte já estava rodando no Brasil. Ele foi o primeiro hatch médio oferecido pela Peugeot no País e veio com várias opções de carroceria — hatch, sedã, perua e até um conversível.

306-s16-achados (6)

Uma de suas maiores qualidades era a o comportamento dinâmico, ágil e estável — em boa parte, graças ao eixo traseiro auto-esterçante (atuado por flexão de buchas assimétricas), semelhante ao dos Citroën ZX e Xsara, com os quais dividia a casa, mas também ao sistema de suspensão — McPherson com barras estabilizadoras na dianteira, braços arrastados na traseira, com amortecedores desenvolvidos sob medida.

A versão que melhor tirava proveito deste conjunto era, sem dúvida, o S16. Disponível apenas com carroceria hatchback de duas portas, o S16 foi o primeirohot hatch da família 306, e fazia jus ao título: equipado com um motor de dois litros com comando duplo no cabeçote e 16 válvulas, capaz de entregar 157 cv — até hoje, 20 anos depois, um número impressionante para um 2.0 aspirado.

306-s16-achados (4)

A potência máxima vinha aos 6.500 rpm, enquanto o torque máximo de 18,6 mkgf vinha aos 3.500 rpm. Com 1.110 kg, o S16 também não era dos mais pesados, e o resultado era um carro que, além de estável, ainda era capaz de acelerar até os 100 km/h em 9,2 segundos e chegar aos 215 km/h.

Em 1998, com uma reestilização, o S16 passou a se chamar GTI (na Europa, GTI), e o motor passou a entregar 167 cv e 20,1 mkgf de torque. Em 1999, o GTI foi substituído pelo Rallye — desta vez, equipado com motor 1.8 16v, menos potente. Dois anos depois, o 306 saiu de linha, dando lugar ao 307.

306-s16-achados (3)

O carro das fotos é um Peugeot 306 S16 1995 e, em 19 anos de vida, rodou apenas 76 mil km — é o que diz o anúncio na OLX, que também destaca o o excelente estado de conservação do carro em todos os aspectos:  exterior, interior e detalhes de acabamento, além dos itens de conforto que funcionam perfeitamente.

O dono também diz que o carro foi completamente revisado há poucos meses, e o calssifica como perfeito para pessoas “exigentes, conhecedoras da marca e história do carro”. Entusiastas dos carros franceses, é com vocês!

306-s16-achados (7) 306-s16-achados (1)

Mas quanto pedem por este S16? R$ 15.900 — e o dono deixa claro que dá prioridade para a venda, e que este valor não vai abaixar nem um centavo. Ele até estuda trocas por outros carros. O preço, como de costume, é um pouco maior do que a maioria das pessoas pagaria por um carro com quase duas décadas de estrada. Contudo, quem conhece sabe que ele é um carro raro (estima-se que vieram entre 300 e 500 unidades) e muito valorizado entre seus entusiastas, que certamente já estão consultando o saldo na conta corrente. Você é um deles?

[ via OLX/Sugestão do leitor Ivan Roberto Voigt ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

 

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora