A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Este raríssimo VW Golf VR6 de quatro portas é o último de sua série – e está à venda

Sendo uma marca com uma das maiores comunidades de fãs e entusiastas, é natural que a história da Volkswagen seja recheada de folclore. E o Brasil não é exceção: dizem por aqui que, dos 99 Golf VR6 fabricados para o Brasil em 2003, um deles tinha quatro portas, enquanto todos os eram de duas portas. Há quem duvide disso até hoje, mas pelo jeito o carro existe mesmo. E está à venda!

O Golf VR6 já existia desde 1991 com a geração anterior, o Golf Mk3. Compacto, de bom rendimento e dono de um belo ronco, o motor VR6 é utilizado até hoje em uma versão de 3,6 litros e 300 cv — prova de que se trata de um projeto bastante eficiente.

volkswagen_golf_gti_vr6_br-spec_3

Fabricado em São José dos Pinhais, no Paraná, a partir de 2002 para exportação (EUA e Canadá recebiam o modelo), em 2003 o Golf VR6 virou edição especial para o Brasil, com o intuito de mostrar ao brasileiro que a VW também sabia fazer carros de alto desempenho.

Foi definida uma série limitada a 99 unidades do Golf GTI VR6 (das quais 97 foram comercializadas no Brasil) e quem quisesse um deveria acessar o site da VW ou ligar para uma central de atendimento e encomendar o seu. Mas a raridade não é a única coisa que torna o VR6 um carro exclusivo: o motor vinha da Alemanha e produzia 200 cv a 6.200 rpm e 26,5 mkgf a 3.200 rpm. O câmbio era manual, de seis marchas, e a alavanca tinha o pomo no formato de uma bola de golfe, com a inscrição “GTI” em vermelho.

vr6 (4)

Por fora, o body kit era diferenciado, com novo spoiler dianteiro e saias laterais. As rodas eram de 17 polegadas, do modelo conhecido como “Long Beach”. Por dentro, costuras vermelhas no volante, na alavanca de câmbio e do freio de mão, e couro nos bancos esportivos (que tinham até aquecimento), pedaleiras iguais às do Golf R32 e uma plaqueta de numeração acima do rádio.

Agora, apesar do motor mais potente, o Golf VR6 não era muito mais rápido que o GTI turbinado. Para chegar aos 100 km/h, ele levava 7,7 segundos contra 7,8 s do GTI de câmbio manual, e a velocidade máxima, na verdade, era menor — 209 km/h contra 227 km/h. Independentemente disto, porém, o VR6 é um carro muito desejado por fãs da Volkswagen por seu ronco, visual e exclusividade.

vr6 (2)

Acontece que não dá para ficar mais exclusivo do que este carro, anunciado no Mercado Livre. Trata-se, ao que tudo indica, do último exemplar fabricado no Brasil. Segundo a lenda disseminada entre os fãs da marca, o então diretor da fábrica paranaense Thomas Schmall (hoje CEO da VW do Brasil) ficou com o último carro para si, mas pediu que tivesse quatro portas em vez de duas. Naturalmente, seu pedido foi atendido.

vr6 (10)

Desde então, o carro já teve pelo menos mais dois proprietários — o anterior e o atual, que comprou o carro em 2010. Segundo ele, o carro é muito bem cuidado e só roda em fins de semana, com gasolina Podium. Contudo, não está totalmente original — os faróis foram trocados por peças com projetores e angel eyes (os originais estão guardados) e o motor recebeu modificações leves (recalibragem na ECU e sistema de escape redimensionado) para entregar cerca de 230 cv. O hodômetro marca apenas 70 mil km (uma média baixa para a idade do carro — nesses casos, checar o estado geral do carro é uma boa ideia).

vr6 (3)

No mais, o dono diz que tudo está em ordem, com manutenção e revisões sempre feitas em dia, e que tudo está funcionando perfeitamente — do teto solar ao controle de cruzeiro. De fato, o aspecto geral do carro está bom.

 

Por tudo isto, o dono pede R$ 65 mil. É um valor relativamente alto, levando em consideração que os VR6 brasileiros costumam ser vendidos por algo entre R$ 40 mil e R$ 45 mil. Por outro lado, trata-se de um carro único por ser um dos poucos GTI VR6 de quatro portas no mundo, o único no País e por ter pertencido ao atual presidente da Volkswagen do Brasil. Certamente é uma bela adição à garagem de qualquer entusiasta da VW que tenha condições de pagar.

vr6 (6)

Além disso, é perfeito para quem curte um sleeper — quem não prestar atenção no belíssimo ronco do motor vai achar que é um Golf quatro-portas qualquer, e para nós isto sempre conta pontos. O que você nos diz?

[via Mercado Livre. Sugestão de Igor Araújo ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Este Chevrolet Celta com swap para 1.8 16v é um projeto pronto para curtir – e pode ser seu

Dalmo Hernandes

Você não vai encontrar outro Monza S/R tão novo quanto este à venda

Dalmo Hernandes

Quatro argolas, cinco cilindros e 230 cv: este Audi S6 está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes