FlatOut!
Image default
Zero a 300

O fim do BMW V12 | a entrega do GTS GoodGuys | o primeiro Lamborghini elétrico e mais!


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

A entrega do Gol GTS GoodGuys Temporada 2

Como é ganhar um Gol GTS impecável, na faixa? Como é o momento em que você recebe a notícia de que ganhou um carro? O momento em que você o encontra pessoalmente pela primeira vez. Que recebe as chaves de um carro tão especial como este? A primeira partida do motor. O primeiro contato com o volante, os bancos, o cheiro do interior?

Todo entusiasta sabe que este é um momento muito especial, mas em vez de imaginar e contar como é, nós registramos tudo isso em vídeo. Desde o momento em que fizemos a ligação para dar a notícia ao felizardo — que não deu muito certo nas primeiras vezes… — até o momento em que o carro é entregue…. e a entrega revela uma nova história que jamais poderíamos planejar como fizemos até então.

Veja como foi a entrega do Gol GTS ao vencedor do GoodGuys 2 no vídeo acima, que estreia hoje às 12h! (Leo Contesini)

 

Ultimo carro BMW V12 é produzido

A BMW anunciou em janeiro que encerraria a produção de seu motor V-12 com uma versão ultralimitada do M760Li xDrive. Agora a empresa informou que todos os carros desta edição especial já foram vendidos; a BMW oficialmente fez seu último V12.

Notícias deste tipo, não devíamos ter que lembrar, são sempre para ser tomadas como o que são: o último por enquanto. O futuro parece realmente que não terá mais V12 BMW, mas quem sabe onde estaremos daqui a 50, 100 anos? Em 1939 a Detroit Eletric fabricou o último carro elétrico americano. Só que não, né?

A edição limitada, simplesmente chamada de “The Final V12”, foi oferecida a compradores com histórico de propriedade de BMW V-12, de acordo com a marca. Todos os 12 exemplares são destinados aos EUA, com entregas a serem concluídas este mês. Vale lembrar que a Rolls-Royce ainda usa V12, e são essencialmente V12 BMW.

O primeiro V12: 1987/1988

O V12 não é uma tradição tão antiga como os seis em linha, na empresa. O o primeiro V12 num carro BMW apareceu em 1987, no série 7 E32. E nunca foi lá um grande sucesso nele, especialmente depois que apareceu o V8 de potência similar. Como hoje nos Rolls-Royce, o V12 da marca mais lembrado não está num carro BMW: é o usado na McLaren F1. (MAO)

 

Lamborghini deve lançar carro elétrico em 2028

A Lamborghini é uma das marcas menos entusiasmadas com a história toda de eletrificação. Sabe muito bem que será difícil vender seus carros sem o som e a fúria dos V10 e V12 da marca como diferencial de compra. Portas que abrem para cima e carroceria em cunha, afinal de contas, hoje estão comuns na concorrência.

Sempre que fala de eletrificação, fala de híbridos; carros a gasolina na verdade, ainda com motores ardidos, grandes, giradores, vocais, mas uma capacidade elétrica para apaziguar legisladores.

Mas obviamente não está imune a fazer um carro 100% elétrico. Vai ser lei na Europa, se nada mudar em breve, afinal de contas. O CEO Stephan Winkelmann revelou à Autocar inglesa que o primeiro Lamborghini totalmente elétrico será um crossover 2+2 totalmente novo, com estilo radical (jura?), que chegará em 2028, adicionando uma quarta linha de modelos à linha da marca italiana. Em seguida, aparecerá também um inevitável SUV Urus de segunda geração, 100% elétrico.

Não há o que chorar aqui: um Urus elétrico não deveria ofender ninguém. E o lançamento da dupla elétrica também aumenta a possibilidade de os carros esportivos da empresa – atualmente compostos pelo Lamborghini Huracán e Lamborghini Aventador – manterem motores a gasolina (como parte de um sistema híbrido plug-in) por pelo menos mais duas gerações. Enquanto forem permitidos por lei, existirão: lembre que a Europa não é o mundo todo.

O protótipo Estoque: pode ser inspiração para o elétrico.

Winkelmann também mencionou as conversas em andamento sobre o uso de combustíveis sintéticos como outra maneira que poderia ajudar Sant’Agata a cumprir as metas de emissões produzindo pequenos volumes, embora os legisladores estejam atualmente debatendo a viabilidade disso. (MAO)

 

Começa a produção do Automobili Pininfarina Battista

O primeiro carro da Automobili Pininfarina, o Battista, está em produção já. O primeiro carro produzido está pronto e está indo para os Estados Unidos para uma exibição durante a Monterey Car Week em agosto. Antes disso, o carro irá para Mônaco para que o dono dele o conheça. As entregas aos outros clientes começam neste verão.

GTS goodguys

Lembrando: o Battista produz um total de 1.900 cv e nada menos que 235 mkgf de torque, a partir de quatro motores elétricos. A bateria de 120 quilowatts-hora vem da Rimac. A aceleração de 0-96 km/h (60 mph) é declarada como levando “menos de 2,0 segundos”.

A fábrica da Automobili Pininfarina, localizada em Cambiano, Itália, conta com 10 pessoas para criar um carro a cada 1250 horas de trabalho.  O carro é construído a partir de um monocoque de fibra de carbono. Apenas 150 unidades serão fabricados, garantindo exclusividade, e pelo menos 10 anos de produção, se os dados de número de funcionários e horas-homem por carro forem verdadeiras. O preço não foi revelado, mas comenta-se algo em torno de dois milhões de dólares nos EUA, o que equivale hoje a R$ 10.900.00. (MAO)

 

Lego lança kit do Camaro Z28 1969

Normalmente alguma licença poética é necessária quando a Lego faz uma miniatura de automóvel. Lego por definição são tijolos de plástico para montar, retos; nenhum carro é totalmente reto, nem mesmo um Lada. Curvas compostas é a norma em automóveis, e a Lego não pode fazê-las.

Mas de vez em quando, um deles parece realmente fidedigno, ainda que não seja. A Lego revelou ontem um conjunto replicando o Chevrolet Camaro Z28 de 1969. Usando um total de 1458 tijolos, o carro mede 355 mm de comprimento, 140 mm de largura e 90 mm de altura. É incrivelmente detalhado, com rodas rolantes e um interior completo. O conjunto ainda apresenta um volante que funciona e portas que fecham. O Lego Z28 poderá ser personalizado com listras em vermelho, cinza ou branco. Você pode até construí-lo como um conversível e escolher entre faróis expostos ou ocultos (um opcional em 1969).

O Camaro Z28 da Lego estará disponível a partir de 1º de agosto nas lojas Lego em todo o mundo, e no site da Lego, com um preço de varejo recomendado de US$ 169,99 (R$ 926,45 hoje). (MAO)

 

Russos irão relançar Moskvitch para produzir carros JAC em fábrica da Renault

Quem achou que a Rússia ficaria preocupada com as sanções comerciais impostas pelo resto do mundo acabou enganado. Além de praticamente ganhar uma fábrica da Renault, que se retirou do país após a guerra contra a Ucrânia justamente devido às sanções, a Rússia agora irá usar a fábrica para produzir os modelos da JAC. Como a fabricante é chinesa e a China não impôs nenhuma sanção à Rússia, os governos dos dois países já iniciaram a parceria para a produção dos automóveis.

Curiosamente, os russos não irão usar a marca JAC nos carros. Em vez disso, eles irão relançar a marca soviética Moskvitch, que faliu em 2006 e teve seus direitos adquiridos pela Renault a partir de 2015. Como a Renault vendeu toda a operação para o Estado russo após o início da guerra, o governo local irá relançar a marca nacional nestes novos carros.

A Moskvitch foi criada ainda nos anos 1930 e produziu automóveis entre 1941 e 1991, durante o regime socialista soviético. Em 1991 a marca foi privatizada, mantendo alguns modelos em produção, porém entrou em processo de recuperação judicial no início dos anos 2000, tendo sua falência decretada em 2006.

Depois disso, a Autoframos, uma empresa formada pela Renault em sociedade com o governo municipal de Moscou, adquiriu a fábrica e começou a montar o Renault Logan localmente a partir de conjuntos desmontados vindos da Romênia. A produção local permaneceu até maio deste ano, quando, forçada a sair do país devido às sanções impostas à Rússia, a Renault transferiu sua participação na Autoframos ao governo russo pela quantia simbólica de 1 rublo (R$ 0,09). (Leo Contesini)

 


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicos, histórias de carros e pilotos, avaliações e muito mais!

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: 30% OFF na loja durante a 3ª temporada do Goodguys, acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$ 26,90 / mês

ou

Ganhe R$ 53,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. 15% OFF na loja durante a 3ª temporada do Goodguys, acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

R$ 14,90 / mês

ou

Ganhe R$ 29,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

ESTA Chevy GMC 500 2.0 16V Turbo
PODE SER SUA!

Clique aqui e veja como