A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo Carros Antigos História

Hemi Under Glass: o Plymouth Barracuda com motor central-traseiro que se tornou lenda das arrancadas

A fórmula clássica do muscle car é conhecida por todo entusiasta: carroceria cupê, motor V8 debaixo do capô, tração traseira e, de preferência, visual descolado e um nome bacana. A indústria automotiva norte-americana usou e abusou desta receita entre 1964 e 1973, os anos de ouro dos muscle cars. Contudo, um personagem crucial desta época (podemos chamar um carro de personagem?) – um muscle cars mais emblemáticos de todos os tempos – não tinha um motor V8 debaixo do capô. Não, senhor. Quer dizer, o motor era um V8, claro, mas ele ficava lá atrás, onde normalmente estaria o banco traseiro. Dava para vê-lo olhado pelo vigia traseiro. Under the glass. Hurst Hemi Under Glass, pois, era seu nome – um Plymouth Barracuda criado pela fabricante de transmissões para divulgar seus produtos. E ele é tão incrível que não estamos falando de apenas um carro, mas de uma série deles, construídos entre 1965 e 1975 para divulgar os produtos da Hurst. E que bela divulgação! Mais esp

Matérias relacionadas

Do mato pisado ao asfalto: como os índios definiram as rodovias de São Paulo

Leonardo Contesini

O guia de versões especiais do Mustang | Parte 2: Mustang II e Fox Body

Leonardo Contesini

Mônaco 1982: a corrida de F1 que quase ninguém venceu

Leonardo Contesini