A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Motos Zero a 300

Kawasaki Ninja: a origem de uma das motos esportivas icônicas de todos os tempos

A Kawasaki acaba de anunciar o lançamento nova Ninja H2 SX SE no Brasil. Trata-se de uma das motos mais absurdas à venda atualmente: uma superesportiva cujo motor quatro-cilindros de 982 cm³ é sobrealimentado por um compressor do tipo centrífugo – a primeira moto produzida em série com supercharger. O motor de 200 cv a 11.000 rpm e 13,6 mkgf de torque a 10.500 rpm (190 cv e 12,6 mkgf na roda traseira), acoplado a uma transmissão de seis marchas, é capaz de levar a Ninja H2 SX SE de zero a 100 km/h em 2,6 segundos, com máxima de 295 km/h. Lançada em março de 2018 lá fora, a Ninja H2 SX SE é uma versão sport tourer, com bagageiros laterais, suspensão mais complacente e uma postura de pilotagem mais confortável do que a versão lançada em 2015. Além disso, o motor recebeu ajustes nos comandos de válvula, na admissão e na ECU para render mais em rotações mais baixas, e uma carenagem mais apropriada para longas viagem foi instalada. A Kawasaki Ninja

Matérias relacionadas

Estes novos guard-rails com roletes de borracha podem salvar vidas na estrada

Dalmo Hernandes

Horários reduzidos para postos de combustível, Aston Martin revela V6 biturbo, Porsche Cross Turismo chega neste ano e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes

Ford vs. Ferrari: a guerra de Le Mans | Parte 3: a última derrota

Leonardo Contesini