A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Mazdaspeed: como uma equipe de corridas dos anos 60 tornou-se a divisão de performance da Mazda

Mesmo que o Toyota Corolla seja umcarro completamente diferente do lendário Supra ou que o Nissan Sentra não tenha muito a ver com o Skyline GT-R, seria ingênuo dizer que os entusiastas não costumam levar em consideração a heritage de uma marca quando vão escolher um carro. Agora, os fãs brasileiros da Mazda não podem fazer o mesmo. Você não pode ir até uma concessionária Mazda e comprar um Mazda zero-quilômetro porque é fã do Mazda RX-7, pois já não existem concessionárias Mazda no Brasil há dezoito anos – precisamente, desde novembro de 2000. Isto não nos impede de admirar a fabricante que deu ao mundo o motor rotativo Wankel, o sensacional RX-7 e o cultuado MX-5 Miata. Pelo contrário: atualmente a Mazda possui uma linha bastante interessante – o hatchback Mazda3, o sedã Mazda6 e, claro, o Miata de quarta geração são carros internacionalmente aclamados e poderiam encontrar espaço no nosso mercado. Pensando nisso, achamos

Matérias relacionadas

Toyota Sports 800: a história do primeiro esportivo da Toyota – e de sua versão de corrida!

Dalmo Hernandes

Este Chevrolet Impala 1969 com motor V8 e câmbio manual na coluna está à venda

Dalmo Hernandes

Alonso crava 360 km/h de média em seu primeiro teste na Indy – veja como foi

Leonardo Contesini