A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Mercedes Brabus E65: uma superperua com motor de protótipo de Le Mans à venda no Brasil!

Como você (e todos os gearheads do planeta) já deve ter notado, as peruas são espécies em extinção. Aqui, ali, em qualquer lugar, as fabricantes e o público geral têm dado preferência aos parrudos crossovers. Isso alavancou uma série de campanhas para salvar as peruas (no Brasil, os camaradas da revista Car and Driver levantaram a bandeira).

Agora, se há uma perua que precisa ser salva, esta perua é a Brabus E65, baseada na sexta geração do Mercedes-Benz Classe E Touring.

Em 1997, quando a AMG colocou as mãos na sétima geração do Mercedes Classe E para construir o E50 AMG, a base da modificação foi o aumento da cilindrada do V8 de 4,2 litros para cinco litros, de forma que ele produzisse 347 cv — uma marca respeitável em uma época na qual o modelo de entrada da Ferrari (F355) tinha 380 cv.

mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16918-MLB20129087043_072014-F

Mas como sempre, a Brabus achou que a potência de supercarro italiano não era suficiente para o modelo médio da Merc e decidiu fazer algo a respeito.

O que eles fizeram, camaradas, foi aumentar ainda mais a cilindrada do motor M119 para 6,5 litros, de forma que ele passasse a produzir (está sentado?) 460 cv e 67,3 mkgf de torque. Para se ter uma idéia do que isso significa, considere que a Ferrari 456 M, lançada no ano seguinte, 1998, tinha 448 cv e era menos de 100 kg mais leve — e levava um passageiro a menos.

mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16906-MLB20129086658_072014-F

Se o código do motor te soou familiar, é por que ele foi o mesmo motor usado em Le Mans no Sauber C9 e no CLK GTR em versões de cinco e seis litros — o que significa que essa perua usa um motor de protótipo de Le Mans com cilindrada ainda maior!

Mas não é só por isso que esta perua precisa ser salva. Esses modelos completos de preparadoras como a Brabus são voltados para um público muito específico, e geralmente acabem servindo apenas como vitrine para os componentes de alta performance vendidos nas autorizadas parceiras. Isso os torna extremamente raros.

Nos EUA, por exemplo, estima-se que exista apenas um exemplar do Brabus E65, na versão sedã A Brabus não fala em números de venda ou produção, mas tenha certeza de não existem muitas dessa E65 Touring espalhadas pelo mundo. Há quem diga que exista apenas 15 unidades produzidas, um número plausível. Outros, falam em apenas três. É difícil encontrar fotos e especificações do modelo até mesmo em fóruns internacionais dedicados à Mercedes e à Brabus.

mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16933-MLB20129086250_072014-F

Na versão sedã, mais comum que a perua, o E65 é capaz de chegar a 309 km/h – o que lhe garantiu o título de sedã mais rápido do planeta na época, e só foi superado com o lançamento da versão com motor 7.3 V12 de 582 cv, que tem velocidade máxima limitada pelo arrasto aerodinâmico em cerca de 335 km/h. A perua tem cerca de 100 kg a mais que o sedã e normalmente gera mais arrasto aerodinâmico, então espere uma velocidade máxima ligeiramente inferior.

mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16971-MLB20129087047_072014-F mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16952-MLB20129087035_072014-F

A essa altura você já deve ter percebido o nível da raridade desta nossa edição do Achados Meio Perdidos. Agora, o mais surpreendente é que este carro está à venda no Brasil! Sim, o carro foi anunciado no final do ano passado, quando tinha cerca de 10.000 km a menos e custava alguns milhares a mais. Agora, ele voltou a ser anunciado, e o preço nem parece tão absurdo, dada a raridade e a capacidade do carro. Por esta bela perua negra com motor de campeão de Le Mans, os anunciantes pedem R$ 158.000.

 

mercedes-benz-brabus-avantgarde-touring-v8-1998-16915-MLB20129087054_072014-F

É um preço justo para uma superperua rara, ou mais uma oferta surreal do nosso mercado de usados? Vocês decidem…

[ Via Mercado Livre ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Este Audi S3 preparado com mais de 500 cv nas rodas está à venda – vai encarar?

Dalmo Hernandes

Este Chevrolet Camaro 1974 é um legítimo big block americano no Brasil – e pode ser seu

Dalmo Hernandes

Charger, Mustang, Pontiac, Corvette e outros muscle cars clássicos e modernos à venda no GT40!

Juliano Barata