A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Nem Impreza, nem Legacy: o negócio é comprar este Subaru SVX

Quando você pensa em um Subaru à venda, logo imagina um Impreza (se for 4×4, melhor ainda) ou, no máximo, um Legacy/Outback. Mas se você não quiser pensar como todo mundo, encontramos um modelo diferente: este Subaru SVX, um GT inovador, bonito e — o mais legal — com motor boxer de seis cilindros e 235 cv.

O SVX foi o sucessor do XT, um cupê lançado no Japão no meio da década de 80. Em sua terra natal, ambos são conhecidos como Alcyone XT e Alcyone SVX — se você cresceu com os games da série Gran Turismo, já deve saber disso.

subaru xt

Subaru XT

Lançado em 1991, O SVX era uma evolução direta do XT, seguindo a mesma filosofia de design, mas substituindo as linhas retas e marcantes dos anos 80 pelas formas suaves e arredondadas que se tornaram a norma na década seguinte. A área envidraçada, que formava uma espécie de canopi, era inspirada nos aviões — a parte superior pintada de preto reforçava esta impressão —, e uma das marcas do SVX são os vidros laterais, que só abrem na parte inferior para não prejudicar a aerodinâmica do carro em movimento.

subaru svx achados (4)

Como é comum entre os carros japoneses, o interior traz visual bem mais comedido que o lado de fora, porém com acabamento excelente. No caso do SVX, o espaço também é relativamente generoso para um cupê 2+2.

subaru svx achados (2)

Mas é debaixo do capô que está o grande atrativo do SVX: um motor boxer de seis cilindros, e 3,3 litros, de código EG33. Em essência, era uma versão de seis cilindros do motor EJ22, mais famoso por equipar o Impreza de primeira geração. Com comando duplo e quatro válvulas por cilindro, o EG33 rende 235 cv a 5.400 rpm e 31,5 mkgf de torque.

Aliado ao câmbio automático de quatro marchas e à tração integral com distribuição 36-64 (frente-traseira), e auxiliado pelo coeficiente aerodinâmico de apenas 0,29, o SVX ia de 0 a 100 km/h em menos de sete segundos, com máxima de 248 km/h. Imagine do que ele seria capaz com um câmbio mais moderno…

O carro das fotos é um SVX 1992 prata, e aparenta estar em bom estado de conservação. Estima-se que, no Brasil, tenham sido vendidos cerca de 60 exemplares, trazidos logo após a abertura das importações.

subaru svx achados (5)

O dono pede por ele R$ 31.400, o que talvez seja um preço justo considerando a raridade, o estado de conservação e o desempenho mais do que adequado para um carro de mais de 20 anos. O que incomoda é o estado da grade dianteira e dos faróis — as peças, que estão com aparência opaca, estão precisando de um bom polimento. E não devem ser baratas, mesmo trazidas do exterior, visto que, mesmo no Japão o SVX é um carro raro — foram fabricadas, no total, 5.884 unidades ao longo dos seis anos em que o carro esteve em produção.

Mas qual é o valor de ouvir o ronco borbulhante de um boxer Subaru de seis cilindros toda vez que se der a partida?

subaru svx achados (1)

[ Webmotors ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Este Subaru Impreza WRC97 já foi de Colin McRae – e agora está à venda!

Dalmo Hernandes

Um BMW M5 E34 com 8.000 km é o “seminovo” mais incrível de todos os tempos — e está à venda

Dalmo Hernandes

Este Lotus Elan, raríssimo e bem cuidado, está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes