A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Por que os carros de corrida italianos são vermelhos?

Nós já contamos aqui a história das cores e pinturas de corrida – como surgiram, como evoluíram e como chegaram ao que são hoje. O que ainda não contamos foi a origem exata de cada cor. Hoje todos sabemos que o verde identifica os carros britânicos (british racing green, ou simplesmente BRG), que o branco com faixas azuis é o esquema dos carros americanos, que o azul é dos franceses, que o branco é dos japoneses e que o vermelho é dos italianos. Mas nem sempre foi assim. Nas primeiras corridas em que os carros disputaram com suas cores nacionais, havia mais carros do que cores únicas — afinal, o Reino Unido tem as mesmas cores dos EUA. A França usa o mesmo tricolor da Holanda, a Alemanha tem duas das três cores belgas e a Itália duas cores do tricolor Irlandês. O azul foi usado pelos franceses, o vermelho pelos americanos, o branco pelos alemães, o amarelo pelos belgas. Sobrou pouco para os britânicos e italianos. Os ingleses deram um jeito: como suas locomotivas já eram verd

Matérias relacionadas

Lendas de Le Mans: 250 e 330 TR, as Ferrari que dominaram La Sarthe na virada dos anos 60

Dalmo Hernandes

A meteórica trajetória do jovem e talentoso Richard Burns | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes

A história da GAZ, parte 1: o início da indústria automotiva soviética e a invenção do primeiro SUV | Lasanhas sem Fronteiras

Dalmo Hernandes