A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Porsche 4 Cam “Fuhrmann Engine”: a história do lendário motor que separou o 356 do Fusca definitivamente

No estudo da origem das espécies com base na teoria da evolução de Darwin há um elemento chamado fóssil de transição. Como seu nome sugere, o fóssil de transição é um elemento que apresenta características tanto de um ancestral quanto de um descendente. Um exemplo são os Australopithecus, um gênero de hominídeos que possui características do gênero Homo e também dos símios de sua época. É o nosso ancestral mais antigo, o fóssil de transição dos símios para os humanos. Ao longo da história do automóvel também foi possível observar a evolução das espécies. O Ford Mustang é um descendente do pacato Ford Falcon, mas houve um "fóssil de transição" entre estas duas espécies, o Ford Falcon Sprint. Com características do Falcon, e também as características que apareceram no Mustang  — como a carroceria hardtop, o motor V8, a suspensão, plataforma e boa parte do interior — o Falcon Sprint é o Australopithecus do Mustang. Mas a relação mais conhecida entre as esp

Matérias relacionadas

Nissan Silvia 240RS: um dos heróis esquecidos do Grupo B

Dalmo Hernandes

The Fleetliner: um hot rod com um seis-em-linha de 400 cv que é uma verdadeira obra de arte

Dalmo Hernandes

Enriqueça seu domingo com estas aulas de pilotagem vintage – estrelando Rob Slotemaker e Sir Jackie Stewart

Dalmo Hernandes