A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Pensatas

Qual a receita de uma versão esportiva?

Faz quase 20 anos. Eu passava todos os dias pela rua de trás em direção ao ponto de ônibus que me levaria ao departamento de trânsito, onde eu trabalhava na época. No caminho, todos os dias eu espiava um Gol GT prata impecavelmente original guardado debaixo de uma garagem feita de madeira e zinco. Acho que era 2002 ou 2003, eu já tinha a vontade de dirigir um carro velhinho por aí, afinal, eu era mais um moleque entusiasmado com "60 Segundos". O antigomobilismo não era popularizado como hoje e ninguém chamava qualquer Fusca bem-conservado de "relíquia", nem vendiam-se colônias de Clostridium tetani fingindo que era um carro "para restaurar". Era mais fácil para um moleque de 18 anos sonhar com um clássico. Um dia minha chefe me chamou e disse que eu precisaria organizar o arquivo-morto do nosso setor. "Ok, onde fica?", perguntei. "No pátio", respondeu a aspone. Era uma oportunidade e tanto. Pátios de carros apreendidos não são acessíveis por qualquer pessoa e tendem a ter muita

Matérias relacionadas

Estilos e culturas: a origem e as vertentes do JDM

Dalmo Hernandes

Mercedes-Benz 300SL “Gullwing”: os detalhes que você nunca viu do clássico alemão

Leonardo Contesini

9R3: o protótipo Le Mans secreto da Porsche é revelado depois de 16 anos

Dalmo Hernandes