A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo Car Culture História

Quem disse que os americanos não fazem curvas? – Parte 1

É fácil cair em clichês quando se fala da cultura automobilística americana. É o país da Indy, da Nascar, das corridas de 400 metros, dos muscle cars, e das estradas retas e planas. Um lugar em que os carros são feitos para andar em linha reta e que, quando fazem curvas, acabam pendurados como os carros de polícia nas perseguições do cinema, lançando as calotas para todos os lados. Esse cenário acabou se tornando um clichê pela repetição frequente de lugares-comuns da cultura americana — seja ela automobilística ou não. A lendária "Route 66" é sempre retratada como uma longa reta cortando o deserto. "On The Road", de Jack Kerouac, não se passa em uma estrada sinuosa incrustrada na floresta. Filmes como "Juventude Transviada" e "American Graffiti" retrataram os hot rods como carros de tiro rápido, em corridas curtas em linha reta."Days of Thunder" não era sobre um piloto de Fórmula 1 ou Le Mans, mas sobre um cara que corria em círculos nos ovais americanos. Curiosamente, ao

Matérias relacionadas

Este estacionamento é na verdade uma grande máquina de vender carros

Dalmo Hernandes

Top speed: a evolução da velocidade máxima dos carros de rua

Dalmo Hernandes

Por que o “recorde” do Jaguar F-Pace SVR em Interlagos pode ser algo bom

Dalmo Hernandes