A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Sob pressão: a história do motor turbo

Há pouco mais de vinte anos todas aquelas previsões maravilhosas e ingênuas sobre o ano 2000 previam uma série de tecnologias alternativas de propulsão para o carro do futuro. Nenhuma delas, contudo, apostou que o futuro dos carros estaria nos turbocompressores. Especialmente por que os motores turbo não são novidade — eles estão por aí desde o começo dos anos 1960 e foram uma verdadeira febre nos anos 1980 (lá fora, ao menos). Mas você sabe como eles surgiram? Quem teve a ideia de usar um dispositivo para induzir mais ar para os cilindros? Quem fez um compressor em formato de caracol e movido por uma turbina? É isso o que iremos contar neste post. A história dos motores turbo é praticamente tão antiga quanto a invenção do motor de combustão interna. A ideia de pré-comprimir o ar induzido aos cilindros foi patenteada por Gottlieb Daimler em 1885 e repetida por Rudolf Diesel 11 anos mais tarde. Mas o turbo da forma que conhecemos só foi inventado em 1905, pelas mãos o suíço

Matérias relacionadas

Pajero Evolution: o especial de homologação esquecido da Mitsubishi

Dalmo Hernandes

Sob o signo do escorpião: a história da Abarth e de seu fundador

Leonardo Contesini

A história de Monteiro Lobato e o petróleo brasileiro

Leonardo Contesini