A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Vovó-SUV: esta Ford Rural 1972 foi achada meio perdida à venda

Quando iniciou a produção da Rural no Brasil, em 1958, a Willys Overland nem deveria suspeitar que, alguns anos mais tarde, ela seria vendida à Ford e sumiria do mapa. Sua presença na terra, porém, está garantida pelo legado dos veículos que ela deixou, como uma Ford Rural 1972 com apenas 66.409 km no hodômetro. Ainda que traga os emblemas da empresa que adquiriu os direitos de produzi-la, essa Rural faria a Willys morrer de orgulho. E a melhor parte é que ela está à venda.

Ford-Rural-1972-1

Produzida de 1958 a 1977, a Rural sofreu sua maior mudança estética em 1960, com a adoção de um estilo que só seria encontrado no Brasil. Criado pelo designer Brooks Stevens, dizem que ele foi inspirado pela arquitetura de Oscar Niemeyer e pela fundação de Brasília, em 21 de abril de 1960.

Ford-Rural-1972-15

Com 4,60 m de comprimento, 2,65 m de entre-eixos, 1,88 m de largura e 1,84 de altura, ele tinha motor 2.6 de seis cilindros em linha. Rendia 90 hp pelo sistema SAE de medição a 4.400 rpm e tinha torque de 18,6 mkgf, também pelo sistema SAE, a 2.000 rpm. Considerando que ela tinha peso em ordem de marcha de 1.529 kg, seu desempenho não era nada extraordinário, mas suficiente para sua proposta de trabalho.

Ford-Rural-1972-2

Considerada uma das precursoras dos SUVs, ela tinha vão livre de 20 cm e era oferecida com tração traseira ou nas quatro rodas, com reduzida, como opcional. Seus freios eram a tambor nas quatro rodas e ela tinha câmbio manual de quatro marchas. Um conjunto que pode não atrair muita admiração nos dias de hoje, mas que, incorporado à Rural, faz muita gente relevar.

Ford-Rural-1972-4

A que encontramos à venda pertence a Junior Barbosa, terceiro dono. Ela foi comprada originalmente na Concessionária Cotril, de Porto Novo, MG, e tem uma placa no porta-luvas indicando sua origem. Hoje, ela está em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Ford-Rural-1972-22

Apesar de marcar os 66.409 km que indicamos no começo deste post, Junior acredita que ela já tenha passado dos 100.000 mil km pelo menos uma vez. Não é o que os pedais pouco desgastados mostram, mas o vendedor prefere não cravar por não saber quanto exatamente os donos anteriores rodaram. Criterioso, ele diz ter virado a Rural de cabeça para baixo atrás de possíveis sinais de problema. Não encontrou nem sequer um amassado no assoalho depois tirar os bancos e os tapetes para uma avaliação.

Ford-Rural-1972-29

Ford-Rural-1972-16 Ford-Rural-1972-17 Ford-Rural-1972-18 Ford-Rural-1972-21

A pintura externa foi refeita, provavelmente por desgaste da anterior. Afinal de contas, ela já tem 43 anos. A de dentro não parece ter sido alterada. Apesar de seus anos de serviço, Junior diz que ela aparenta nunca ter carregado peso, de tão preservado que seu compartimento de carga está, com o madeiramento em estado de zero. Os faróis são GE, originais, e todos os frisos e emblemas estão nos lugares corretos, segundo o proprietário atual (viu, Zé Frisinho?).

 

Ford-Rural-1972-28

Ford-Rural-1972-27 Ford-Rural-1972-26 Ford-Rural-1972-23 Ford-Rural-1972-10

No interior, tudo estaria como saiu de fábrica, de acordo com o vendedor: forros de porta e forro de teto imaculados, sem um vestígio de sujeira ou de arranhões.  As fotos mostram que os bancos têm um ou outro arranhado e pelo menos um conserto, na base do banco do motorista, mas que estão bem íntegros para assentos com tanto tempo de estrada. Junior diz que os bancos apresentam uma espécie de costura vulcanizada, de fábrica, que está em excelente estado. Os pneus são diagonais, exatamente na mesma medida e formato indicado pela fábrica, mas novos.

Ford-Rural-1972-12

Ford-Rural-1972-11 Ford-Rural-1972-9 Ford-Rural-1972-8 Ford-Rural-1972-6

A mecânica foi recentemente revisada, segundo Junior, e o carro possui manual do proprietário e chave reserva, com a documentação em dia. Ele está, inclusive, com o processo para tirar a placa preta bem adiantado.

Ford-Rural-1972-5

Pela raridade, o vendedor está pedindo R$ 45.000. Considerando que ele talvez tenha realmente 66.409 km e o estado de conservação que as fotos mostram, pode ser uma verdadeira pechincha para quem vive atrás de uma Rural em bom estado. Interessou? Os contatos do vendedor estão no link abaixo.

 

[ WebMotors ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Porsche 924 à venda: o primeiro Porsche de motor dianteiro pode ser seu

Dalmo Hernandes

Este raro Honda Accord coupe dos anos 90 ganhou um câmbio manual e está à venda

Dalmo Hernandes

Este Fiat 147 preparado pode ser seu primeiro carro de corrida

Dalmo Hernandes