FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Wendell Scott: a dura história do primeiro piloto afro-americano a vencer uma corrida da Nascar


Em 2013, Darrell "Bubba" Wallace Jr. se tornou o segundo piloto afro-americano a vencer uma corrida do alto escalão da Nascar – a Kroger 200, no circuito de Martinsville Speedway, na Virginia, etapa da categoria de picapes. Antes dele, o único piloto americano de ascendência africana a fazê-lo foi um cara chamado Wendell Scott. Em 1963. Por mais que a cor de sua pele não fosse escura, as raízes de Scott fizeram dele vítima de preconceito e segregação nas pistas, e ele acabou se tornando um dos grandes símbolos da resistência dos negros nos Estados Unidos. Na década de 1960, cem anos depois que a escravidão foi abolida nos EUA, a segregação racial estava apenas começando a ser encarada como um problema social. Impedir pessoas negras, pardas, latinas – qualquer um que não fosse branco, na verdade – de ter um bom emprego ou estudar em uma boa escola ainda era visto com naturalidade pela maioria das pessoas. E é por isso que Wendell Scott fez história quando se tornou piloto