A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

All-Terrain: Mercedes-Benz lança versão aventureira da perua Classe E

Já faz um bom tempo que os modelos “aventureiros” não são exclusividade brasileira. Na verdade a história desse tipo de carro lá fora começou quase ao mesmo tempo que por aqui, porém com uma boa diferença: tração integral.

Primeiro foi o Subaru Outback e logo depois o Volvo XC70. Mais tarde veio o Audi Allroad, em seguida a Volkswagen lançou o Passat e o Golf Variant Alltrack, a Volvo apareceu com o S60 Cross Country e agora a Mercedes entrou na brincadeira com o Classe E All-Terrain.

2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-front-three-quarter-1

A receita do Classe E All-Terrain é simples e provavelmente bastante fácil para a Mercedes: pegue uma perua de tração integral (o Classe E S213 4Matic), levante a suspensão, aplique alguns plásticos para proteger os pontos mais vulneráveis da carroceria e, voilà, está pronto sua perua crossover, o elo perdido entre as peruas e os SUVs.

2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-rear-three-quarter-in-motion-1-1

O modelo, por ora, vem apenas na versão E220d 4Matic, com o motor 2.0 turbo diesel de 194 cv — embora a Mercedes já tenha confirmado uma futura versão com motor seis-cilindros. Além do visual mais robusto, a E22od All-Terrain vem equipada com suspensão a ar ajustável para uma rodagem mais confortável e versátil na hora de sair do asfalto. Só não espere ir muito longe dele: ainda que use pneus de perfil alto as rodas são de 19 polegadas de série ou 20 polegadas como opcional.

2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-front-three-quarter-in-motion-1

Por dentro não há nada muito diferente do que se espera de um Mercedes Classe E: madeira no painel e nas portas, couro nos bancos e em todo o restante da cabine. No enorme porta-malas também há o tradicional banco duplo voltado para a traseira, capaz de levar outros dois passageiros.

O modelo será apresentado ao público no Salão de Paris e chegará às lojas em 2017. Normalmente modelos a diesel não são oferecidos no Brasil, mas com tração nas quatro rodas e câmbio de nove marchas, esse Mercedes preenche os requisitos da legislação brasileira para carros a diesel. Resta apenas a fabricante decidir se vale a pena oferecer o modelo por aqui.

2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-rear-three-quarters-02-12018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-front-three-quarter-in-motion-05-1 2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-rear-three-quarters-12018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-front-end-in-motion-1 2018-Mercedes-Benz-E-Class-All-Terrain-front-three-quarter-1

Matérias relacionadas

Land Rover Discovery SVX: um off-roader extremo com motor V8 supercharged de 525 cv

Dalmo Hernandes

Series 2: o primeiro esportivo feito pela Shelby volta renovado e dá as caras em Paris

Dalmo Hernandes

Hyundai i30 N: o primeiro hot hatch coreano tem 275 cv e chega aos 100 km/h em 6,1 segundos

Dalmo Hernandes