A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeo

Audi S1: o herdeiro do lendário quattro mostra seu talento em vídeo

Em 2010 a Audi deixou metade do mundo com água na boca ao apresentar o conceito Quattro no Salão de Paris daquele ano. O modelo era uma referência direta ao Quattro dos anos 1980, que foi imortalizado por Stig Blomqviste, Michèlle Mouton, Walter Röhrl e Hannu Mikkola nos estágios de rali, e chegou até a ser cotado para produção limitada de 500 unidades, mas a ideia acabou engavetada em 2012.

Em vez disso, a marca decidiu lançar uma edição ainda mais limitada do seu novo hatch A1, com inspiração direta no modelo de rali — das rodas à pintura e, claro, o motor 2.0 TFSI de 256 cv ligado às quatro rodas. Foram feitas apenas 333 unidades (algumas vieram parar no Brasil) e nada mais. Quem quisesse um pocket rocket da Audi teria que se contentar com o motor dual-charged (turbo + compressor mecânico) de 185 cv do A1 Sport de tração dianteira.

Ao menos até março deste ano, quando a Audi levou ao Salão de Genebra o irmão comportado do A1 quattro, o S1. Ele pode não ter o visual agressivo que parece saído de um estágio de rali, mas tem o mesmo motor 2.0 turbo calibrado para produzir 230 cv (a potência do Golf GTI), e o melhor de tudo é que ele herdou também a tração integral quattro e o câmbio manual de seis marchas.

002Audi S1

O S1 é um pocket rocket com menos de quatro metros de comprimento e 2,47 m de entre-eixos, que pode ser comprado com quatro portas e não é exatamente leve (são 1.340 kg). Mesmo assim, a Audi insiste que o modelo é um herdeiro direto do lendário Quattro (que usava a mesma plataforma do Santana na versão de rua) e por isso fez a apresentação do S1 em um percurso coberto de neve no interior da Suécia. Infelizmente, não estávamos entre os convidados, mas Henry Catchpole da revista Evo foi até o Círculo Polar Ártico conhecer o carro e conta um pouco de suas impressões neste vídeo:

 

Embora tenha sido apresentado em Genebra com quatro portas, felizmente ele será oferecido como um esportivo deve ser — o carro que Catchpole usa no vídeo é um duas-portas. A cor de lançamento foi o amarelo, mas ele também poderá ser comprado em azul, vermelho, branco e verde. Logo no começo do vídeo, o britânico dá o primeiro sinal da qualidade de rodagem do esportivo: mesmo com a suspensão mais firme típica dos esportivos ele roda confortavelmente na pista coberta de gelo, que tende a ser semelhante às estradas de terra.

000Audi S1

Mais à frente, na pista de limpa, o sub-esterço que você espera de um Audi de tração integral aparece em determinados momentos, mas em geral ele aponta e contorna suas trajetórias com precisão. E claro, apesar da compostura na hora de andar com precisão, ele também pode levantar ondas de gelo caso você decida apenas brincar de rali:

[ Fotos: Audi ] 

Matérias relacionadas

De zero a 350 km/h em seis segundos: esta Chevrolet S-10 é o “carro de rua” mais rápido do mundo

Dalmo Hernandes

Este piloto terminou um rali com o carro em chamas – e poderia ter morrido

Dalmo Hernandes

Pegue uma carona com o McLaren 12C GT3 quebrando um recorde em Nürburgring

Leonardo Contesini