A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

Black Pearl – o hot rod fabricado especialmente para James Hetfield do Metallica

Como vimos anteriormente, rock e carros têm muito em comum — algo a ver com a sensação de liberdade ou o timbre rouco dos motores e guitarras. Deve ser por isso que vários rockstars sejam tão ligados nos motores como Brian Johnson do AC/DC e Nick Mason do Pink Floyd, que têm coleções tão incríveis que mereceram um post exclusivo sobre elas.

Mas eles não são os únicos — Billy Gibbons do ZZ Top, por exemplo, é tão conhecido por suas guitarras bizarras quanto por sua coleção de hot rods exclusivos (que ganharão um post especial mais adiante) e até mesmo James Hetfield do Metallica, um cara que você talvez nem imaginasse que fosse fã de carros e motores, tem os seus especiais. Um deles aliás, acaba de ser escolhido o “Custom Car of The Year” da Goodguys Rod & Custom Association.

Unknown-1

James Hetfield tem uma garagem repleta de hot rods, mas o modelo que lhe rendeu o prêmio é diferente de todos os outros. Em vez de ser baseado em um clássico dos anos 1930, ele foi projetado, modelado, esculpido e construído do zero, como se fosse um carro novo do começo do século passado trazido diretamente para a garagem do frontman do Metallica.

Como um bom hot rod, a inspiração vem diretamente do período pré-guerra, algo que se nota no estilo “gota d’água” que esteve em alta naquela época por suas formas aerodinâmicas. O carro usa um chassi especial, que teve como ponto de partida um par de longarinas de um Jaguar 1948 e as chapas contínuas e sem emendas foram modeladas pelos californianos Marcel e Luc De Lay, dois dos maiores especialistas em fabricação de carrocerias da atualidade.

Unknown-2

Segundo Hetfield, a dupla modelou todas as chapas com base apenas em desenhos em uma folha A4 — o que torna o resultado ainda mais impressionante — e quase ninguém acredita que o carro não foi baseado em nenhum outro modelo.

A densa pintura preta foi feita por um estúdio especializado em cores clássicas e usa acabamento PPG. Já o acabamento interno foi feito pelo especialista em interiores de hot rods, Ron Mangus, com couro branco e detalhes dourados em contraste com a carroceria preta.

Unknown-4

Por último, mas não menos importante, temos o motor — um tradicional V8 302 Ford de 380 cv, número relativamente modesto, mas nesse caso, a potência é apenas mais uma frase bem colocada no arranjo da música. O que importa mesmo é o conjunto da obra — coisa que Hetfield sabe fazer como poucos.

Matérias relacionadas

Este Porsche 911 997 se transformou em um belíssimo tributo ao 935 da Rothmans

Dalmo Hernandes

Um carro feito de Lego que funciona de verdade é o sonho dourado de todo geek

Dalmo Hernandes

Ferrari F12 TRS: uma Testa Rossa moderna com motor V12 – e única no mundo

Leonardo Contesini