A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

Cara, cadê meu carro voador? Já estamos em 2020!

"Que fim levou os 50, futuro dos 40, e os 60, futuro dos 50, e como será 2000, futuro dos futuros, isto é, de todos os passados? É, não se faz mais futuros como antigamente." - Millôr Fernandes Em 1996 eu estava na sexta série. Meu quarto devia ter uns oito ou dez modelos em escala da série "Road Tough" e da Burago, o pôster da Ferrari 355 na parede e o álbum de figurinhas "Super Auto" em cima da escrivaninha. Ao lado da cama, uma pilha de revistas e anuários que eu acumulava de tempos em tempos. Nas pouco mais de quatro horas que eu passava longe deste ambiente imersivo, como se diz hoje em dia, eu estudava assuntos menos interessantes como binômios e bissetrizes, savanas e tundras, Bismarck e Garibaldi, mitocôndrias e ribossomos. Entre uma aula e outra surgiu uma oportunidade de eu misturar as duas coisas — obrigação e interesses pessoais — pela primeira vez: naquele ano teríamos uma feira de ciências e eu decidi que teríamos um trabalho sobre os carros do futuro. Quem viveu cons

Matérias relacionadas

Por que eu troquei meu carro antigo por um carro “moderno” (mas nem tanto)

Dalmo Hernandes

Mazda: a esperança de um futuro melhor

959 vs F40: a encruzilhada do futuro

Marco Antônio Oliveira