A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeo

Alemanha vs. Inglaterra: como o Porsche 911 se sai contra o Jaguar F-Type R Coupe?

O Porsche 911 é  um esportivo consagrado que segue a mesma fórmula há cinco décadas e consegue ficar melhor a cada geração. O Jaguar F-Type é um dos carros mais bonitos e viscerais dos últimos tempos — especialmente na versão cupê. Os dois têm a mesma proposta: proporcionar a maior quantidade de prazer ao dirigir que se possa suportar. Mas qual deles se sai melhor nesta árdua tarefa?

Das 476 variações do 911 991, uma das mais legais é o 911 50th Anniversary Edition, que traz detalhes que remetem ao 911 clássico, como acabamentos cromados no exterior, bancos com padronagem xadrez e as belas rodas inspiradas nas clássicas Fuchs. Além disso, as 1.963 unidades fabriacadas têm a carroceria mais larga do Carrera 4S, porém a tração é traseira, e não integral.

porsche-vs-jag (6)

 

O boxer de 3,8 litros conta com algumas modificações nos cabeçotes, comandos de válvulas, coletor de admissão e módulo de controle do motor para entregar 430 cv a 7.500 rpm (um ganho de 30 cv) e 44,9 mkgf de torque a 5.750 rpm. O câmbio é o PDK com dupla embreagem e sete marchas.

Do outro lado do ringue, o Jaguar F-Type R Coupe. Se a gente já achava o roadster bonito, o cupê é simplesmente uma obra de arte, com proporções perfeitas que remetem aos melhores grand tourers do passado, porém sem nenhuma amarra com eles. É o tipo de carro que nem precisaria ser estupidamente rápido — mas ele é. Graças ao grande V8 de cinco litros com compressor mecânico debaixo do capô, o F-Type R Coupe entrega 550 cv a 6.500 rpm e 69,4 mkgf de torque a 3.500 rpm, moderados por um câmbio automático de oito marchas.

Bem, pela ficha técnica, a briga parece injusta. Mas a Motor Trend decidiu tirar a prova em seu mais recente Head2Head, apresentado por Carlos Lago. Vamos ver no que deu?

O vídeo tem legendas em inglês que podem ser traduzidas automaticamente

Sem surpreender, o Jag leva vantagem em linha reta. O  tempo de 0-100 km/h do cupê britânico é 3,6 segundos, enquanto o Porsche leva 3,9 segundos. No quarto-de-milha a situação se repete: 11,88 segundos a 196 km/h para o F-Type, 12,2 segundos a 185 km/h.

Só que o Jaguar é mais pesado — são 1.756 kg contra 1.502 kg do Porsche, e isto influencia diretamente no comportamento dinâmico — mais até do que na aceleração. O Jaguar apresenta uma leve tendência ao subesterço quando você exige demais dele, e migra para o sobresterço quando se pisa no acelerador com mais vontade. Sendo assim, ele exige mais atenção na hora de sair por aí devorando curvas.

Mais leve e mais equilibrado, o Porsche é mais natural, oferecendo aderência e uma aceleração progressiva na medida certa, e te recompensando à medida que você se aproxima do seu limite — que é bem alto.

Só que Carlos Lago também achou que o F-Type é um carro mais brutal, mais barulhento, mais imponente… quase um Corvette britânico. O 911, por outro lado, é o instrumento perfeito para transformar direção em diversão. Qual deles você acha que venceu?

Matérias relacionadas

É isso o que acontece quando a suspensão do seu carro quebra na Eau Rouge

Dalmo Hernandes

Policiais interceptam motorista na contramão batendo de frente com ele

Dalmo Hernandes

Cratera se abre em rua dos EUA e engole 10 carros — veja o vídeo

Dalmo Hernandes