A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Elvis Presley tinha um Cadillac Eldorado — e atirou nele também

Não faz muito tempo, contamos a você sobre o De Tomaso Pantera de Elvis Presley — e sobre os três tiros que o cantor deu no carro. Hoje vamos falar de outro carro — um Cadillac Eldorado 1968 que, adivinhe só, também serviu como alvo para os tiros do Rei do Rock.

Elvis Presley já era uma lenda da música e um astro dos filmes em 1967. No dia 28 de dezembro daquele ano, ao passar em frente a uma concessionária Cadillac em Memphis, no Tennessee, Elvis viu este Eldorado 1967/1968 “Topaz Gold Firemist”. Como você deve saber, dinheiro não era exatamente um problema para Elvis, que levou o carro para casa na mesma hora.

???????????????????????????????

Relatos dizem que Elvis usou o carro com bastante frequência por pelo menos um ano e um mês. É difícil dizer se este era seu carro de uso diário — afinal, ele teve muitos carros mesmo, e mais de 100 deles foram Cadillacs —, mas a história conta que era este o carro que Elvis dirigia na época do nascimento de sua filha Lisa Marie, em fevereiro de 1968.

Talvez seja mesmo porque, segundo este anúncio no eBay, o carro tem pouco mais de 16 mil milhas (26 mil km) registrados no hodômetro — bem mais do que um carro costuma rodar em 12 ou 13 meses. Mas o anúncio também diz que, dias antes de Lisa Marie nascer, o carro se tornou mais um dos objetos inanimados que levaram tiros do Rei do Rock. Mas primeiro, um pouco de história.

Veja bem, Elvis gostava de atirar nas coisas. Dizem que, em 1974, Elvis estava em sua suíte em um hotel de Las Vegas quando, ao ligar a TV, viu que passava o programa de Robert Goulet. Elvis não pensou duas vezes: sacou seu revólver e o descarregou no aparelho — dizem que ele gritava “tirem esse m*rda da minha frente!”

elvis-guns

A coleção de armas de Elvis Presley

Elvis não gostava de Goulet havia pelo menos duas décadas. No fim dos anos 50, o cantor servia ao exército americano na Alemanha e sempre recebia cartas de sua namorada Anita Wood. Anita era cantora e se apresentou ao lado de Goulet algumas vezes — e, em uma das cartas, Goulet colocou um post-scriptum dizendo a Elvis para não se preocupar, porque ele estava “cuidando de Anita pessoalmente”.

Elvis ficou possesso, mas nunca pode tirar satisfação — até aquele 1974, quando atirou na TV.

Mas vamos voltar a falar do carro. Priscilla Presley estava no fim da gravidez, e o casal subiu no Cadillac para uma visita ao médico. Acontece que o Cadillac não pegou (o que mais poderia ser?) e Elvis, nervoso, saiu do carro, sacou seu revólver e acertou um tiro no para-lama esquerdo.

cadillac-elvis-pris (2)

cadillac-elvis -pris(4)

A bela Priscilla Presley no Cadillac Eldorado 1968

Ele deve ter conseguido levar Priscilla ao consultório do médico, pois Lisa Marie Presley nasceu no dia 1 de fevereiro de 1968. Mas o apelo do Cadillac deve ter desaparecido para Presley, que o deu de presente ao pai adotivo de Priscilla — com uma condição: que ele jamais consertasse o buraco da bala no para-lama. Além das armas, outra paixão de Elvis era dar presentes às pessoas de quem gostava.

???????????????????????????????

Depois que o casal se separou em 1972 e o pai de Priscilla morreu, o carro foi vendido para o dono de um restaurante na Austrália, que deixou o carro exposto em seu estabelecimento até 1987. O Cadillac ainda trocou de dono algumas vezes até o ano 2000, quando o colecionador americano Hal Wagner o comprou, levou de volta para os EUA e deixou em exposição em seu museu no Kansas.

Agora, o carro está à venda novamente. Na verdade, o anúncio está no eBay desde o início deste ano e já foi renovado algumas vezes, mas até agora não conseguiu nenhum lance. O preço mínimo é de US$ 227.700 (cerca de R$ 509 mil, sem impostos) mas, se quiser evitar o leilão, você pode oferecer US$ 229.900 (ou pouco mais de R$ 513 mil). E aí, vai encarar?

 

Coisa de família

cadillac-elvis (16)

Você sabia que este não é o único Cadillac dourado a ser alvejado por um Presley? Em 1974, Elvis comprou um Coupe de Ville para seu tio Vester Presley. Foi o 31º Cadillac comprado por Elvis na Madison Cadillac, em Memphis, e a concessionária até deu ao cantor uma plaqueta que dizia “Melhor Cliente do Mundo” por isso.

Mas isto não significa que o carro fosse à prova de tiros. Segundo o site Elvis’s Cadillacs (sim, existe um site dedicado exclusivamente aos Cadillac de Elvis Presley), Vester Presley atirou no Cadillac quando esteve na mansão do sobrinho, Graceland.

É… parece que esse negócio de atirar em carros estava mesmo no sangue.

Matérias relacionadas

Isto é o que acontece quando você dirige no acostamento

Leonardo Contesini

Dia dos pais: qual é o melhor presente para um pai entusiasta?

Dalmo Hernandes

Hipercarros, clássicos e bólidos históricos no Goodwood Festival of Speed 2014

Dalmo Hernandes