A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Humor Sessão da manhã

Esta paródia polonesa de “Velozes e Furiosos 7” é totalmente bizarra – e hilária

Com “Velozes e Furiosos 7” nos cinemas há alguns dias, boa parte dos leitores já deve ter assistido ao sétimo filme da franquia e verificado com seus próprios olhos que a película é bem mais furiosa do que veloz — um filme de ação temperado com carros. Agora, já imaginou se toda aquela ação se passasse em uma fazenda na Polônia e, em vez de esportivos e supercarros, os personagens usassem velhos carros populares poloneses?

Se você não imaginou, há quem tenha imaginado — e, por sorte, a ideia ocorreu justamente a uma trupe de humoristas poloneses, que criaram a paródia Brzydcy i Wściekli, que pode ser entendido como “Feios e Furiosos”. É brilhante.

Usando o áudio de um dos trailers de Furious 7, os caras do canal Cyber Marian criaram uma história diferente. Não entendemos direito as legendas, mas obviamente elas não correspondem exatamente ao que está sendo “dito” pelos atores. O que importa é que não faltam ação, trocas de tiros, explosões falsas e perseguições em baixa velocidade. É impagável!

Aparentemente o cara que rouba as falas de Vin Diesel teve seu trator roubado e precisa recuperá-lo. Não deve ser uma tarefa muito difícil, visto que o trator é levado por um caminhão a uma velocidade que pode ser facilmente atingida por uma pessoa correndo, mas isto não impede o protagonista de chamar sua família (ainda que ele diga que não tem família, e sim amigos) para ajudar a recuperá-lo.

É aí que eles lançam mão de suas máquinas: um Trabant sem freios (um exemplar fabricado no fim dos anos 1990, quando o o dois-cilindros de dois tempos de lugar a um quatro-cilindros de 1,1 litro de origem VW), um Polski Fiat 126p (versão polonesa do sucessor do Fiat 500, fabricada entre 1973 e 2000) e, claro, um Lada Laika. Eles não correm muito, mas isto não é problema porque “desta vez não se trata apenas de ser veloz”, não é?

O vídeo, que foi ao ar exatamente no dia da estreia de “Velozes e Furiosos 7”, se espalhou rapidamente pela internet — em uma semana, já caminha para as 2,5 milhões de visualizações. É o tipo de coisa que adoraríamos que não fosse apenas um trailer.

Para efeito de comparação, veja o trailer original abaixo:

Essa não é a primeira vez que os gearheads (obviamente esses caras são gearheads) do leste europeu juntam alguns trocados, pegam algumas câmeras, alguns carros velhos e fazem um vídeo bacana. Talvez você já tenha visto esta paródia russa da Gymkhana de Ken Block:

Tudo está lá: o “patrocínio” da Monster Energy, o cenário industrial, o Ford Fiesta… mas tudo foi feito com uma ou duas câmeras e o Fiesta é um exemplar da segunda geração e com tração dianteira.

Quer algo mais caprichado? Então você vai querer assistir (ou rever) Control Day, que também foi inspirado pela Gymknana, mas em vez de Ken Block, traz o piloto tcheco Petr Simurda, que está ao volante de um Skoda 130 LR, sedã de tração traseira fabricado entre 1984 e 1990 e um dos carros de rali mais populares da região. Ousamos dizer que, em termos de controle do carro, Simurda não fica muito atrás de Ken Block…

Também não podemos deixar de fora o clássico clipe de Bad Motherfucker. Não é exatamente uma produção de baixo custo, mas o clipe para uma música da banda indie russa Biting Elbows. Dirigido pelo russo Ilya Naishuller, o clipe é como um filme de ação em primeira pessoa, com direito a tiroteios, garotas bonitas e perseguições e carro.

Todos estes filmes só querem dizer uma coisa: parece que há uma indústria cinematográfica de paródias de filmes de ação e vídeos de carros pronta para explodir. Tomara que isso aconteça logo!

Matérias relacionadas

Este Golf de 1.100 cv é mais rápido que um nissan GT-R de 1.300 cv na arrancada

Dalmo Hernandes

Este kart modificado dá um novo significado à expressão “banheira de corrida”

Dalmo Hernandes

Viaje de volta aos anos 90 com estes comparativos da Best Motoring/Hot Version!

Dalmo Hernandes