A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Estes são os carros que Donald Trump tem ou já teve

Nesta sexta-feira (20) o polêmico Donald Trump assume a presidência dos EUA e, enquanto o resto do mundo discute coisas chatas a respeito do novo líder daquele país, nós só conseguimos pensar em como seria sua garagem. Afinal, Trump é um dos bilionários deste planeta, com um patrimônio estimado em US$ 4,5 bilhões, e nos pareceu lógico que alguém com tanta grana gastasse um pouco dela com carros legais — que são segunda melhor coisa no mundo para se gastar dinheiro.

Bem, ele realmente gastou, embora não seja um car guy. Ao longo de sua vida Donald Trump comprou alguns carros legais, outros nem tanto e ainda mantém alguns em suas garagens (sim, ele tem mais de uma). Veja só:

 

Rolls-Royce Silver Cloud 1956

media-147875385513913600-1

Segundo consta, este foi o primeiro carro de Donald Trump, e por algum motivo é seu preferido. O modelo 1956 é um dos 2.238 Silver Cloud da primeira série, produzidos entre 1955 e 1958, e era um gêmeo do Bentley S1. Ambos eram equipados com um seis-em-linha de 4,9 litros, que usava dois carburadores SU para produzir 155 cv.

 

Cadillac Allanté 1988 (e duas limousines Cadillac)

cadillac_allante_eu-spec_1

No início dos anos 1990 Donald Trump negociou com a Cadillac uma linha de limousines que levariam seu nome e, nessa negociação, Trump acabou ganhando um Cadillac Allanté 1988 dourado como presente da fabricante de luxo americana. A história tem duas versões, a de Trump e a de John Grettenberger, na época o comandante da Cadillac.

Segundo Trump, a Cadillac entrou em contato com ele para desenvolver duas limousines, a Trump Golden Series e a Trump Executive Series. A primeira seria a limousine “mais opulenta já feita”, enquanto a segunda seria um pouco menos ostentosa. A versão de Grettenberger diz que Trump os procurou para desenvolver estas limousines especialmente para a frota de seus cassinos, onde seriam usados para transportar hóspedes e visitantes ilustres.

trump02

 

O único ponto em que a história não diverge é o motivo do presente dourado: enquanto Trump esperava as limousines ficarem prontas, a Cadillac enviou o conversível ao ilustre cliente. O Allanté foi a resposta da Cadillac ao Mercedes SL e ao Jaguar XJS, que fizeram um enorme sucesso nos EUA. Para combater os europeus, a Cadillac decidiu se fantasiar de europeia: chamou a Pininfarina para cuidar do design do carro e fabricar as carrocerias. Sob o capô, contudo, havia um um V8 tipicamente americano, com 4,1 litros nos primeiros anos e um 4.5 e um 4.6 nos últimos. A configuração contudo, era um tanto bizarra: o câmbio automático de quatro marchas ligava o motor às rodas dianteiras! O modelo dado a Trump, feito em 1988, usava um motor V8 4.1 de 170 cv, capaz de levar o conversível aos 100 km/h em 9,5segundos e à máxima de 200 km/h.

Já as limousines nunca passaram dos dois protótipos. Elas chegaram a ser apresentadas em uma convenção em Atlantic City em 1988 e hoje estão nas mãos de colecionadores. A Trump Golden Series usava acabamento de jacarandá com couro italiano e detalhes de ouro 24 quilates, além de TV, vídeo-cassete, fax, triturador de papeis, mesas retráteis e telefone celular.

 

Lamborghini Diablo VT (x2)

Donald-Trump-can’t-even-get-his-Lamborghini-Diablo-to-get-elected-0

Nos anos 1990 Donald Trump teve não apenas um, mas dois Lamborghini Diablo VT. O mais famoso deles é o roadster azul Le Mans 1997, que foi comprado zero-quilômetro, obviamente, e usado por 3.472 milhas (5.587 km) até 2002, quando Trump o trocou por uma Ferrari nova.

O carro voltou a aparecer em 2015, quando Trump já estava concorrendo à presidência dos EUA, ao ser anunciado por uma loja de carros exóticos nos EUA por US$ 299.000. Em setembro de 2016, o carro voltou a ser anunciado pelo mesmo preço, porém no eBay. Segundo o anúncio o carro acabou arrematado por US$ 460.000.

qw1duxxBm2UF1CppbcK02pgyfT9mRKjFelPKRvghuLE

O outro era um Diablo SV cupê cujos detalhes são desconhecidos. A única foto do carro disponível na internet é esta acima, publicada por Ivanka Trump, filha de Donald, em seu Instagram em dezembro de 2013. Considerando a manopla do câmbio alongada na parte da alavanca, a asa traseiras e o padrão da costura dos bancos, trata-se de um exemplar de 1994 ou 1995. É possível que Trump tenha trocado este primeiro VT pelo segundo, de 1997.

 

Ferrari 575 M

2005-Ferrari-575-Maranello-Superamerica-01

Foi o carro que Donald Trump comprou ao trocar seu Lamborghini Diablo em 2002. A 575M é a versão atualizada da 550 Maranello, o modelo V12 da Ferrari lançado após o fim da 512/Testarossa. A 575M usava um V12 de 5,7 litros e 515 cv, e acelerava de zero a 100 km/h em 4,2 segundos com velocidade máxima de 325 km/h. Infelizmente não há registros fotográficos de Trump com o esportivo.

 

Maybach 57 2004

9_1128452_12142003124932PM

No final de 2003 a Maybach, na época marca independente do grupo Daimler-Benz, ofereceu a Donald Trump um Maybach 57 durante um evento promocional realizado em seu clube de golfe na Flórida. O modelo tinha pintura de dois tons em cinza escuro e prata, e era equipado com um V12 biturbo de 5.5 litros e 518 cv, capaz de levar a limousine de zero a 100 km/h em 5,1 segundos duran. Ao que consta, Trump usou o carro ao longo da temporada de golfe de 2004.

 

Mercedes-Benz SLR McLaren

Picture 111

Um dos carros mais famosos de Donald Trump (e da década passada), o Mercedes-Benz SLR McLaren o segundo carro de rua produzido pela equipe de Fórmula 1 britânica. Na época a Mercedes era dona de 40% das ações da McLaren, e por isso o carro foi desenvolvido e construído no centro técnico da McLaren em Woking, usando o motor M113 e o câmbio 722.6 da Mercedes-Benz.

Trump comprou o carro em 2005, e o recebeu na Trump World Tower, onde foi realizado o lançamento oficial do carro nos EUA dois anos antes.

 

Chevrolet Camaro Indy 500 Pace Car 2011

chevrolet-camaro-indy-pace-car-donald-trump-700x479

Em 2011, ano do centenário das 500 Milhas de Indianápolis, Trump se viu em uma polêmica envolvendo o pace car da edição de 100 anos da prova. Em abril daquele ano os organizadores da prova anunciaram que Donald Trump seria o piloto do pace car da corrida comemorativa. O anúncio repercutiu mal: apesar do pace car ser frequentemente entregue a famosos sem relações estreitas com o automobilismo, tratava-se de uma edição especial da Indy 500. Diante das críticas, o pace car acabou pilotado por AJ Foyt.

Isso contudo, não impediu a Chevrolet de entregar um dos 500 Camaro Indy Pace Car daquele ano a Donald Trump. O bilionário nunca usou o carro e apenas o manteve exposto no saguão de um de seus prédios.

 

Rolls-Royce Phantom 2015

2015-Rolls-Royce-Phantom-Donald-Trump-777x399

Admirador declarado da Rolls-Royce, Trump comprou um Phantom em 2015 e foi visto dirigindo o carro britânico em diversas ocasiões. Aparentemente trata-se de um modelo padrão, sem nenhuma personalização, equipado com o motor 6.75 V12 de 460 cv.

 

Cadillac Escalade 2015

trumph-2

Nos últimos anos antes da campanha presidencial, Donald Trump circulava por Manhattan a bordo de um Cadillac Escalade. O SUV full-size é equipado com um V8 de 6,2 litros e 425 cv.

 

Matérias relacionadas

Aviões, hot rods e rockabilly: a história das pin-ups e da Kustom Kulture – Parte 1

Dalmo Hernandes

Este Renault 8 “Gordini” é a melhor herança que um entusiasta pode receber

Dalmo Hernandes

Estes são os carros que estarão em Velozes e Furiosos 8 – ou ao menos alguns deles!

Dalmo Hernandes