A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Hellaflush : pneus stretch e suspensão “derrubada” são proibidos em cidade canadense

“Hellaflush? Que raios é isso, FlatOut!?” Talvez você não conheça o termo, mas certamente já viu, por suas andanças pela internet, um carro com rodas grandes e, cambagem negativa, pneus stretched e carrocerias polidas à exaustão. Eles não parecem muito bons de guiar, não é? Pois isto é uma questão muito séria para as autoridades de Québec, no Canadá — a ponto de os carros hellaflush estarem com os dias contados.

hela

Apesar de alguns carros da cena hellaflush serem excepcionalmente bem feitos e apresentarem um visual agradável, é muito comum que os adeptos deste estilo de customização valorizem muito mais a estética do que a dirigibilidade do carro — o que, não raro, significa um jogo de rodas com medidas de pneus inapropriada e modificações na geometria da suspensão que dificilmente levam em consideração a necessidade de um comportamento dinâmico que, se não for dos melhores, ao menos seja seguro.

E é justamente este risco à segurança o argumento da SAAQ (Société de l’assurance automobile du Québec, ou Associação de Segurança Automotiva de Québec) para a proibição do hellaflush na província canadense, que foi divulgada na última terça-feira (22)

O mais curioso (e até meio engraçado) é ver que o governo da província se prestou a divulgar uma diretiva explicando o que é o hellaflush à população e dizendo as razões para sua proibição.

Hellaflush

Hellaflush é a prática de modificações cosméticas que vêm em detrimento da dirigibilidade e da estabilidade do veículo. Consiste em:

Rebaixar a suspensão do veículo
Instalar rodas grandes demais e com offset maior do que o das rodas originais
Instalar pneus estreitos demais para as rodas (stretching)

Estas modificações, que afetam a geometria da suspensão do veículo, podem ser observadas pela presença de cambagem exageradamente negativa.

Não há como discordar, do ponto de vista prático e da questão do comprometimento da segurança.

Como estamos falando do Canadá, a postura inicial das autoridades não é tão agressiva: aparentemente, caso seu carro hellaflush, seja abordado pela polícia, ele será enviado para a inspeção — e não vai passar. Então, você terá que retorná-lo às características originais se quiser rodar de novo.

 

hella

Não é muito diferente da situação dos carros com suspensão rebaixada e/ou regulável no Brasil — a diferença é que, por aqui, você pode ter seu carro inspecionado e legalizar as modificações em documento.

Não somos contra modificação automotiva, repetimos — na verdade, sabemos muito bem apreciar boas modificações — e nem achamos que todas elas têm de ser mecânicas ou voltadas à performance. Também não comemoramos a proibição do estilo no Canadá simplesmente por não gostarmos do visual. Por outro lado, os argumentos do governo de Québec fazem todo sentido — de fato, existem modificações que comprometem a segurança do carro.

Qual é a sua opinião sobre a medida canadense?

Matérias relacionadas

Swap reverso: os modelos Porsche com motores Volkswagen

Leonardo Contesini

Como lavar e proteger seu carro do jeito certo

Leonardo Contesini

Cenas fortes: este cara transforma esportivos clássicos em hot rods completamente insanos

Dalmo Hernandes