A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #358

Honda Civic Si Turbo: os detalhes da preparação do Project Cars #358

Fala, galera! Agora que vocês já conhecem meu carro (não conhece? Veja no primeiro post.) nesta segunda parte do Project Cars vou falar sobre a preparação turbo que tive no carro e algumas alterações feitas.

Depois de decidida a preparação a ser feita comecei a procurar as peças na internet. Acabei montando um kit ao inves de comprar um pronto. A primeira peça a ser comprada foi a turbina, acabei escolhendo a turbina do kit que a Greddy vende para o Si que estava em promoção na época (trata-se de uma turbina Mitsubishi T517Z com wastegate interna). Como o Gringo (preparador que iria montar o meu carro) trabalha com a fabricação de peças, o coletor e downpipe foram feitos aqui e para pressurização foi comprado um kit de tubos de aluminio em 2,5 polegadas para montagem sob medida.

IMG_20121105_095549

Com a instalação do kit turbo veio a necessidade de alterar algumas coisas no carro. Os bicos originais não aguentariam a nova demanda de combustivel do motor (que agora rodaria com álcool) e então foram trocados pelos ID1000 (Injector Dynamics de 1000 cc). Para não precisar pegar bicos maiores ainda foi feita a alteração no sistema de distribuição do combustível. O Civic Si trabalha originalmente sem retorno de combustível e, com isso, quando a pressão aumentasse no coletor de admissão eu acabaria perdendo vazão nos bicos, já que a diferença de pressão entre a linha de combustivel e o coletor iria diminuir. Para não ter esse problema foi feito alteração para um sistema com retorno de combustível e colocado um dosador para compensar esse aumento da pressão. Foi trocado também o copo onde fica a bomba de combustível pelo copo do Civic flex pois ele já possui linha de retorno e a bóia não para de funcionar com o álcool (bóia original do Si não aguenta o álcool, parando de funcionar após um tempo).

Tive que realizar a troca da MAP do carro por uma de 4 bar (leitura de 1 bar negativo até 3 bar positivo), a original lê somente até 10 psi positivos (aproximadamente 0,7 bar), já que a ideia era rodar com 0,8 bar (11 psi) e também para ter margem para configurar o “boost cut” (o carro corta a injeção caso a pressão passe do valor determinado, muito util para segurança caso a wastegate trave fechada e a pressão suba muito). Foi instalada também uma solenoide para fazer o controle de pressão do turbo por marcha (boost by gear). Com ajuda da Hondata foi configurada a pressão de 0,5 bar para primeira e segunda marcha, na tentativa de melhorar a aderência, 0,8 bar para terceira, quarta e quinta e novamente 0,5 bar para sexta, como a sexta é overdrive e só entra a 215 kmh não vi necessidade de trabalhar com uma pressão alta.

honda si vermelho turbo gringo

 

Depois de tudo montado foi a hora de ir para o dinamômetro fazer os últimos ajustes no carro. A potência alcançada me deixou bem feliz: 450 cv rodando com apenas 0,8 bar de pressão. O carro ficou muito divertido de dirigir e era engraçado ver a cara das pessoas não entendendo como o Si estava andando tanto. A turbina por ser relativamente pequena começava a empurrar a partir de 3000 rpm e dava o pico de pressão em 4200 rpm. Como o carro gira alto e a turbina era pequena, no final de giro a pressão começava a cair (a partir de 7500 rpm), saindo de 11 psi e chegando no corte com 9 psi.

IMG_20121009_173001

Com essa nova potência veio a necessidade da melhoria do sistema de freio (o Si original já consegue causar fading nos freios). Depois de pesquisar um pouco decidi utilizar uma opção plug and play que já acabava com esse problema. Seria a utilização de pinça e disco do Accord V6 2008, com a pastilha com uma area de contato maior e o disco mais espesso o problema de aquecimento sumia. Para completar a melhoria foi comprado um jogo de pastilha EBC Red (pastilhas de ceramica importadas). Com todas as peças na mão fui para garagem e fiz a instalaçao ali mesmo, subi o carro no macaco e troquei as pinças e discos. A capacidade de frenagem do carro melhorou muito e não tive problema de fading no meu uso.

IMG_20121001_173642

Com tudo pronto decidi ir em uma arrancada para testar o carro. Fui para Mega Quinta no Mega Space com alguns amigos. Muito boa experiência, apesar de ser muito difícil conseguir controlar o carro de primeira e segunda marcha. Na volta tivemos um problema em um dos carros, mas conseguimos consertar na estrada mesmo.

IMG_20130510_094514

Como na parte mecânica o carro estava pronto resolvi me aventurar e tentar fazer o retrofit no farol (colocar um projetor no lugar do farol baixo). Para isso comprei um kit da The Retrofit Source que vinha com os projetores, um relê para puxar energia direto da bateria, as lâmpadas e os reatores. Os projetores trabalham como farol alto e baixo, a diferença ficava em um anteparo que era acionado por uma solenoide. A adaptação não foi uma coisa muito fácil, já que tive que abrir o farol e mexer um pouco para conseguir encaixar os projetores, mas o resultado ficou muito bom, iluminação melhorou muito e o corte da luz ficou perfeito.

No próximo post vou falar da mudança para preparação aspirada e mais algumas alterações no carro.

Abraços!

Por Augusto Zuqui, Project Cars #358

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Um interior mais sofisticado para meu Fiat Tempra V6, o Project Cars #36

Leonardo Contesini

Project Cars #502: com o carro montado, é hora de desenvolver o novo Puma P052 nos track days!

Leonardo Contesini

Project Cars #348: começando a restaurar a Kombi “Food Truck”

Leonardo Contesini