A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeo

Isto é o que acontece quando você fica sem freios a 160 km/h

O piloto Kieran Gallagher estava no meio de uma corrida da VW Cup no circuito de Oulton Park, Reino Unido, quando ficou sem freios antes de uma curva à direita, foi direto pela brita, atravessou o muro e parou em um barranco. O carro ficou destruído, mas Gallagher sofreu apenas ferimentos leves.

O pessoal do Car Throttle conseguiu conversar com ele depois do acidente. Gallagher conta como foi a experiência — acredite, você não quer passar por isso.

A equipe de Gallagher, TeamHARD, estava precisando de um bom resultado, mas o piloto largou em 21º e por isso estava aproveitando qualquer oportunidade para tentar ultrapassar — e foi em uma destas que aconteceu o acidente.

O vídeo é, na verdade, uma série de fotos em sequência, mas dá para ver exatamente o que aconteceu. Gallagher contou ao Car Throttle que, ao tentar ultrapassar um adversário em um grampo no circuito de Oulton Park, um flexível rompeu e ele ficou só com os freios traseiros — mas ele não sabia disso na hora, e estava a 160 km/h quando não conseguiu reduzir para contornar a curva.

O que eu estava pensando na hora era “m*rda, eu vou parar na brita.” Em seguida, quando entrei na brita e percebi que o carro não estava reduzindo, vi minha vida passando diante dos meus olhos. Acertei o muro em altíssima velocidade, fechei os olhos e doía muito. Segundos depois senti o segundo impacto na aterrissagem, e parecia que alguém tinha me acertado com uma marreta.

Deu para sentir?

Um impacto como este reverbera por toda a estrutura do carro. Note que teto, lateral e traseira estão amassados, mesmo não tendo sido atingidos em cheio. As forças que agiram sobre o Gallagher acabaram machucando suas costas e partindo algumas costelas — ferimentos que não impediram o piloto de sair andando do acidente, mas certamente vão deixá-lo de molho por algum tempo.

gallagher (1)

O carro de Gallagher é um Golf GTI com motor 2.0 turbo e 250 cv. Era sua primeira corrida com o carro, que agora corre o risco de ter declarada a perda total — com um prejuízo estimado em £ 15-20 mil (R$ 55-75 mil), mas Gallagher está confiante.

“Andar ainda é difícil por causa dos ferimentos, mas eu vou voltar correr assim que o carro for consertado”, ele diz.

[ Fotos: Kieran Gallagher ]

Matérias relacionadas

Bentley 27-Litre: Jay Leno e seu monstro com motor V12 de avião

Dalmo Hernandes

Novo trailer do filme Need for Speed: carros, supercarros e hipercarros

Dalmo Hernandes

Como é pilotar o Jaguar XJR-9 que venceu as 24 Horas de Daytona? Matador, claro!

Dalmo Hernandes