FlatOut!
Image default
Zero a 300

JAC e-JS1 é o carro elétrico mais barato do Brasil, Alex Zanardi começa a se comunicar e treinar depois de acidente, Hyundai HB20 é o carro de passeio mais vendido no 1º semestre e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

JAC e-JS1 é o carro elétrico mais barato do Brasil por R$ 149.990

A JAC anunciou na virada do mês a chegada do e-JS1 ao Brasil. Desenvolvido em parceria com a Volkswagen, o hatchback vem para ser o novo carro elétrico mais barato do Brasil: em pré-venda, ele custa R$ 149.990. O preço cheio será de R$ 154.990. O segundo modelo elétrico mais barato do Brasil também é um JAC: o SUV iEV20, que custa R$ 159.990. Apesar do porte e do preço semelhantes, os dois veículos permanecerão à venda.

O e-JS1 faz parte do plano da JAC para lançar três novos veículos elétricos no Brasil ainda em 2021, com entregas previstas para setembro. Com a proposta de ser um veículo para uso principalmente urbano, ele é movido por um motor elétrico de 62 cv e 15,3 kgfm de torque, alimentado por uma bateria de 30,2 kWh. O conjunto é suficiente para garantir ao e-JS1 velocidade máxima de 110 km/h e autonomia de até 302 km com uma carga.

 

Fora o e-JS1, a JAC também colocará no mercado brasileiro outros dois modelos a bateria. O primeiro a chegar será também o mais caro – a van de grande porte iEV750V, de R$ 386.900, será lançada ainda neste mês de julho. Ela tem motor de 163 cv e 76,5 kgfm de torque, autonomia de até 280 km. A área de carga tem 12.000 litros e a carga útil máxima é de 1.540 kg.

Depois, virá o SUV elétrico e-JS4, ao preço de R$ 249.990. Programado para agosto, o modelo tem motor de 150 cv e 33,7 kgfm de torque – capaz de levá-lo de zero a 100 km/h em 7,5 segundos com máxima de 160 km/h. A bateria permitirá autonomia de até 420 km, o que torna o e-JS4 uma opção mais adequada a quem pensa em viajar de carro elétrico.

 

Alex Zanardi dá sinais de recuperação, se comunica e treina depois de acidente

Quando se fala de Alex Zanardi, “herói da vida real” é uma descrição bastante precisa. Depois de perder as pernas em um acidente na Fórmula Indy em 2001, ele não demorou mais que dois anos para voltar às pistas. Também passou a dedicar-se ao paraciclismo, usando uma bicicleta manual, e tornou-se um dos grandes destaques do esporte.

Em junho de 2020, porém, um novo acidente colocou a vida de Zanardi em risco: durante uma competição de paraciclismo na Itália, ele perdeu o controle de sua bicicleta e bateu contra um caminhão. A colisão foi muito forte, e Zanardi sofreu traumatismo craniano e diversas fraturas faciais, passando por uma série de cirurgias reconstrutivas.

O atleta passou por cirurgias de emergência e esteve em coma até setembro de 2020, quando recobrou a consciência. Agora, quase um ano depois, temos notícias animadoras sobre o estado do atleta. Sua esposa, Daniela Zanardi, deu as boas notícias na última quinta-feira (1).

Segundo ela, a condição de Alex Zanardi passou de “grave” a “estável”. Agora, Zanardi já recobrou a visão e a audição, comunica-se através de gestos e deu início ao programa de reabilitação. “O programa inclui estímulos físicos e farmacológicos sob a tutela de médicos, fisioterapeutas, neuropsicologistas e fonoaudiólogos para facilitar a recuperação dele”, diz Daniela.

A esposa de Alex Zanardi também diz que ele ainda não consegue falar, mas que boa parte do tratamento inclui exercícios para recuperar a força e a elasticidade nas cordas vocais. No mais, ela afirma que o marido ainda tem muita força nos músculos dos braços e das mãos, e que já usa equipamentos para fazer exercícios físicos.

Por enquanto, Zanardi segue internado em uma clínica, sem previsão de alta.

 

Hyundai HB20 é o carro de passeio mais vendido no primeiro semestre de 2021

Apesar da liderança da Fiat com a Strada, entre os carros de passeio o modelo mais vendido na parcial de 2021: o HB20, que totalizou 45.408 exemplares vendidos nos seis primeiros meses do ano. O número representa um aumento de 38% em relação ao mesmo período de 2020.

A Hyundai ocupa a brecha deixada pela Ford após o fechamento de suas fábricas no Brasil – acabando de vez com as tradicionais “quatro grandes” da indústria brasileira (Ford, Fiat, GM e Volkswagen). Entre os hatchbacks compactos, o HB20 detém 18% de participação no mercado.

Logo atrás dele vem o Fiat Argo, que emplacou 41.926 exemplares até agora no acumulado de 2021. O Chevrolet Onix, apesar da paralisação prolongada nas linhas de produção, quase empatou com o Fiat: teve 41.510 exemplares vendidos de janeiro a junho. Por outro lado, tanto a Fiat quanto a Hyundai conseguiram manter a produção em ritmo praticamente normal, mesmo com a escassez de componentes eletrônicos que afetou a indústria em escala global.

 

Este Jaguar E-Type restomod tem um V12 de 400 cv

Enquanto os carros novos rendem-se cada vez mais aos motores elétricos, o segmento dos restomods à moda antiga não dá qualquer sinal de enfraquecimento. Ao contrário – novidades aparecem toda semana.

Desta vez, o foco vai para o Jaguar E-Type. A empresa britânica E-Type UK (para deixar bem claro de onde eles vêm e o que eles fazem), especializada no clássico esportivo, acaba de apresentar o programa “Unleashed”, que usa como base um Jaguar E-Type Series 3 com motor V12.

A escolha é interessante porque, no círculo dos donos de E-Type, as versões com motor seis-em-linha são consideradas as melhores – motor mais leve e mais simples, com funcionamento mais suave. E a E-Type UK não economizou nas mudanças: com um rebuild completo, o motor passou de 5,3 litros para 6,1 litros – e agora entrega 400 cv. A força é levada para as rodas de trás por uma caixa manual de cinco marchas.

Além do motor novo, o carro também ganhou freios maiores (e rodas raiadas de 16 polegadas para acomodá-las), suspensão ajustável com acerto sob medida para cada comprador, e elétrica totalmente refeita (ufa!). Visualmente, a E-Type UK limita-se a alguns poucos elementos modernos, como os faróis e as costuras dos bancos – nada que descaracterize demais a estética anos 60. A parte boa é que, por baixo do visual tradicional há vidros elétricos, ar-condicionado moderno e sistema de som Hi-Fi com Bluetooth.

Cada carro custará a partir de £325.000, o que dá quase R$ 2,3 milhões em conversão direta. Por outro lado, quem tiver um E-Type para fornecer como base certamente pagará um pouco menos.

 

Porsche e Embraer entregam primeiro combo de 911 e jato particular

Há alguns meses a Porsche anunciou uma parceria com a Embraer para fornecer uma série limitada do Porsche 911 Turbo S com um jato particular Phenom 300E combinando. Apenas dez pares serão feitos, e o primeiro acaba de ser entregue a seu dono – que vive em Fort Lauderdale, na Flórida.

Sobre o Porsche 911 Turbo S, você já deve saber os detalhes: ele tem um flat-6 biturbo de 3,8 litros e 650 cv, capaz de ir de zero a 100 km/h em 2,7 segundos com máxima de 330 km/h – um dos 911 mais rápidos de todos os tempos. E o jato da Embraer também traz sua dose de “maldade”: capaz de chegar até os 464 nós (cerca de 860 km/h) ele é o mais veloz de sua categoria – e a autonomia de 2.010 milhas náuticas (mais de 3.700 km) também faz dele um dos que podem viajar mais longe.

Além de ser da mesma cor que o carro, o avião também tem bancos com a mesma padronagem e pode ser personalizado para combinar ainda mais com o Porsche – como o avião das fotos, que traz a numeração “E911EJ”.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora