A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

Lamborghini Sián: o primeiro híbrido da marca tem 819 cv e um V12 aspirado

Dias depois de divulgar alguns teasers – e horas depois de as primeiras imagens “vazadas” aparecerem na internet – a Lamborghini decidiu revelar seu novo modelo um dia antes do previsto. Seu nome é Lamborghini Sián, e ele é o primeiro superesportivo híbrido feito pela companhia de Sant’Agata Bolognese. De acordo com a Lamborghini, o Sián tem a missão de definir o futuro da marca, deixando claro que a adoção da tecnologia híbrida não significa que o clássico motor V12 será abandonado. Pelo contrário: graças à eletrificação, a Lamborghini conseguirá manter o V12 em linha por muitos anos.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

No dialeto da Bologna, sián quer dizer “flash” ou “relâmpago” – e isto, obviamente, diz respeito ao uso da eletricidade para mover o carro. A Lamborghini faz questão de deixar claro, porém, que o sistema híbrido do Sián é completamente diferente do que se vê em outros superesportivos eletrificados.

O sistema consiste, primariamente, em um motor elétrico de 48V. Com potência equivalente a 34 cv, o motor é integrado ao câmbio e ligado às rodas traseiras, podendo ser utilizado em manobras de baixa velocidade e na marcha à ré. A Lamborghini não diz qual foi o câmbio utilizado.

Em vez de uma bateria de íon de lítio, como é comum neste tipo de aplicação, o motor utiliza a energia armazenada em um supercapacitor, que fica posicionado entre o motor e o habitáculo (otimizando a distribuição de massas) e converte a energia cinética gerada pelas frenagens em eletricidade. De acordo com a Lamborghini, a principal vantagem de um supercapacitor é seu peso: a fabricante diz que o componente é três vezes mais leve que uma bateria com a mesma capacidade, e que possui três vezes mais capacidade do que uma bateria com o mesmo peso. O conjunto composto pelo supercapacitor e pelo motor elétrico pesa apenas 34 kg. Além disso, o supercapacitor pode ser carregado de forma muito mais rápida e eficiente usando os freios – segundo a Lamborghini, a cada frenagem acontece uma recarga completa, e o motor elétrico nunca fica sem energia.

 

Obviamente, a outra metade do powertrain é a que nos interessa: o motor V12. Trata-se da mesma unidade utilizada pelo Aventador SVJ, porém com um novo trem de válvulas (incluindo válvulas de admissão feitas de titânio) para chegar aos 785 cv a 8.500 rpm – 15 cv a mais que no SVJ. Ou seja: o Sián tem potência combinada de 819 cv, sendo o mais potente Lamborghini produzido em série até hoje. A Lamborghini diz que a relação peso/potência do carro é melhor que no Aventador SVJ, mas não dá números.

O que eles dizem, porém, é que o Lamborghini Sián é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em “menos de 2,8 segundos”, com velocidade máxima de “mais de 350 km/h”. Há outras minúcias interessantes – por exemplo, a Lamborghini diz que o motor elétrico entra em ação nas trocas de marcha, mitigando a desaceleração e proporcionando 20% mais tração – o que, por sua vez, torna a aceleração de 70 a 120 m/h 1,2 segundo mais rápida que no Aventador SVJ. Já a aceleração de 30 a 60 km/h é reduzida em 0,2 segundo.

Visualmente, o Lamborghini Sián também traz diferenças sensíveis em relação ao Huracán e ao Aventador. A dianteira é visivelmente inspirada pelo Terzo Millenio, como já se podia perceber nos teasers – os faróis auxiliares no formato de “Y” deixam isto bem claro, embora os faróis principais com projetores sejam posicionados de forma distinta.

No entanto, o chefe de design da Lamborghini, Mitja Borkert, diz que a inspiração principal foi o Countach. No entanto, a ideia não foi fazer do Sián um “Countach moderno”, e sim homenagear o clássico de forma sutil. Prova disto são as linhas diagonais no bico dianteiro, que emulam o formato do capô do Countach e as entradas de ar nas colunas “C”; bem como o túnel aerodinâmico no teto, que é um aceno ao Countach “Periscopica”, e as seis lanternas traseiras hexagonais com suas respectivas molduras.

O vigia traseiro é bem amplo e conta com os buracos hexagonais já vistos em outros Lamborghini. Através dele é possível ver não apenas o motor, mas também os componentes da suspensão traseira. A asa traseira é móvel, e só aparece com o carro em movimento – do contrário ela fica recolhida, invisível, e apenas as “abas” nas laterais ficam à mostra, com o número “63” estampado, em referência ao ano de 1963, no qual a Lamborghini foi fundada.

Pela mesma razão, apenas 63 unidades do Lamborghini Sián serão feitas. E a fabricante diz que já vendeu todas elas antecipadamente. Cada um dos carros será personalizado de acordo com os desejos de seu proprietário.

O Lamborghini Sián será mostrado publicamente no Salão de Frankfurt, que começa amanhã.

Matérias relacionadas

Bubble Gun Treffen 7 Edition é o Volkswagen Up TSI de duas portas que a gente sempre quis

Dalmo Hernandes

Este será o próximo Honda Civic Type R

Leonardo Contesini

Lexus RC F: motor V8 e tração traseira para desafiar o BMW M4

Dalmo Hernandes