A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias Zero a 666

Lanternas do HB20 estavam de ponta cabeça, Golf Mk8 Bouvier Edition, prefeitura de São Paulo vai apreender carros com rodas réplica, o novo Camaro hatchback elétrico e mais | Zero a 666

Este é o Zero a 666, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

Hyundai descobre que lanternas do HB20 estavam de ponta-cabeça esse tempo todo

Nesta manhã (1/4), um e-mail vazado de Jacque Brado, ex-designer da Hyundai, traz uma informação insólita: as lanternas traseiras foram projetadas para serem o reverso vertical do que vemos no modelo de produção. A mensagem, originalmente endereçada para o grupo “time de design”, acabou sendo enviada para Tim Phiomuho, caçador de segredos automotivos, num clique acidental.

Segue o trecho que conta a história. O e-mail também continha um anexo com duas fotos: o Novo HB20 atual e outro com as lanternas “invertidas” – ou mais apropriadamente, no arranjo criado por Brado:

“(…) como sabem, o componente foi aprovado de forma isolada, um processo novo que a Hyundai experimentou para evitar interferências externas. Mas o que se sucedeu foi uma sequência de efeito borboleta.

Eu virei o sketch na minha prancheta em 180º, para quando o designer-chefe Ho Lee Krap entrasse, fosse impactado de imediato pela criação. Mas Krap ficou entalado em uma reunião e só teve contato com o meu sketch duas horas depois, quando já tinha ido embora. E como vocês sabem, no dia seguinte fui transferida para a Coreia do Sul, de forma que só fui ter contato visual com o carro semanas antes do lançamento.

Isso explica os rumores das brigas que cheguei a ouvir por aqui, com os designers que cuidaram do para-choque, tampa traseira e lateral traseira, bem como fornecedores. Eu achava que era algo relacionado a prazo, materiais ou a detalhes como radius dos vincos, então não dei bola.”

Rumores apontam que, horas após o incidente, a traseira do HB20 ficou conhecida como “Retrato do General Valdés” entre os designers de outras marcas, fazendo referência ao episódio de 1976 de Chapolim, das imagens acima. (Juliano Barata)

 

Volkswagen apresenta Golf Mk8 Bouvier Edition

Se você estava achando que o visual do Volkswagen Golf Mk8 era motivado pelas regulamentações de segurança, prepare-se para ficar boquiaberto. Na verdade, os faróis de perfil baixo, bastante separados entre si, e com luzes diurnas que parecem cílios, têm sua razão estética de ser: eles foram inspirados pelos Simpsons. Mais precisamente, pelas personagens favoritas do projetista Wolfgang Lügner, responsável pelo design da dianteira – Patty e Selma Bouvier, as irmãs de Marge Simpson.

A Volkswagen tentou esconder o fato até as 00:00 de hoje, quando o anúncio foi feito de surpresa através das redes sociais da marca – simplesmente para não tirar o impacto da série especial.

“Os Simpsons é minha série de TV favorita”, declarou Lügner. “Eu tenho todos os episódios baixados (legalmente, claro) em meu computador e assisto todas as noites antes de dormir, depois do jantar, que geralmente é um cachorro-quente com uma bratwurst Volkswagen. Fiquei empolgadíssimo quando tive a oportunidade de colocar um pouco de Patty e Selma Bouvier na dianteira do novo Golf. Elas são hilárias, às vezes eu rio tanto da forma como elas menosprezam o Homer que chego a perder o fôlego.”

Foi de Lügner a ideia de criar uma série especial do Golf em homenagem às irmãs de Marge Simpson. O Golf Mk8 Bouvier Edition é exatamente igual aos outros Golf, exceto pela cor amarela “Gelbes Eigelb” da carroceria e pelo acabamento dos bancos, que podem ser de tecido “Rosen Patty” ou “Blau Selma”.

A recém-revelada obsessão do projetista Lügner por Patty e Selma Bouvier também pode ter influenciado na decisão da Volkswagen em manter os motores a diesel como opção para o Golf Mk8 – afinal, elas fumam como duas chaminés. Procurado pelo FlatOut para esclarecer os fatos, o diretor de relações Alemanha-Brasil da Volkswagen, Hans Offensichtlich Erfundener, recusou-se a comentar. (Dalmo Hernandes)

 

Prefeitura de SP irá apreender veículos com rodas “réplica”

 

Vejam só essa: depois de apreender rat rods por confundi-los com veículos abandonados nas ruas, a prefeitura de São Paulo decidiu subir um degrau na puloverização do trânsito e agora anunciou que irá apreender carros equipados com rodas “réplicas” de modelos famosos.

Segundo o diretor da Companhia de Engenharia de Tráfego, João Passos Dias Aguiar, além de representar um grave risco à segurança do proprietário e dos ocupantes do carro, as rodas “réplica” também infringem a lei Cidade Limpa, que visa reduzir a poluição visual e ordenar a paisagem urbana, e, por esta razão são proibidas na cidade.

O motorista que for flagrado usando as rodas “réplica” terão o carro retido para regularização, isto é, para trocar as rodas por outras não-replicadas — originais do carro ou da marca que tentam copiar. Caso a regularização não possa ser realizada no local, o veículo será levado ao pátio da CET, de onde só poderá sair em caminhão-plataforma e deverá passar por nova vistoria para regularização. (Leo Contesini)

 

Próxima geração do Chevrolet Camaro será um hatchback elétrico

Se o Ford Mustang de quinta geração foi o responsável por acender a chama dos muscle cars retrô, seiu arquirrival, o Chevrolet Camaro, quer apagá-la. Assim, a próxima geração do modelo não será um muscle car, e muito menos um esportivo de tração traseira: será um hatchback. Elétrico.

O diretor de pesquisa e desenvolvimento de produtos da GM,  Mike Rotch, declarou que superar o Ford Mustang é a maior prioridade do Camaro de sexta geração. “Se a Ford decepcionou seus fãs ao colocar no mercado um crossover elétrico e chamá-lo de Mustang Mach-E, nós vamos decepcionar nossos fãs ainda mais ao acabar de vez com o Camaro cupê com motor V8 e substituí-lo por um hatchback elétrico de tração dianteira. Toma essa, Ford!”, disse Rotch, visivelmente empolgado (e um tanto agressivo).

O FlatOut até conseguiu acesso exclusivo a uma projeção do novo Camaro hatchback (acima). Trata se de uma imagem totalmente legítima, e não da projeção de um crossover inspirado no Camaro feita pela página Car Lifestyle e levemente editada pelo Juliano para ficar mais parecida com um hatchback. Isto não faria sentido, faria?

A Chevrolet deverá apresentar o Camaro hatchback elétrico no Salão do Automóvel de 2021, em São Paulo. Sim, eles disseram que não vão ao evento, mas é só para nos despistar. (Dalmo Hernandes)

 

Vin Diesel manda recolher cópias de “Velozes e Furiosos” por menção à Corona

Por que Dominic Toretto, o personagem de Vin Diesel em “Velozes e Furiosos”, “+ Velozes + Furiosos”, “Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio” (só no finalzinho), “Velozes e Furiosos 4”, “Velozes e Furiosos 5”, “Velozes e Furiosos 6”, “Velozes e Furiosos 7”, “Velozes e Furiosos 8”, “Velozes e Furiosos 9” e provavelmente “Velozes e Furiosos 10”, é mais conhecido?

Talvez você esteja pensando em seu Dodge Charger 1970 – mas esta é a resposta errada. A resposta certa é sua paixão pela cerveja Corona, claro. Por isso, foi com muito pesar que o ator comunicou através de sua conta no Facebook que todas as cópias em DVD e VHS de “Velozes e Furiosos” (The Fast and the Furious, 2001) serão recolhidas das locadoras – todas as oito locadoras que ainda funcionam – e das lojas. O motivo, porém, é nobre: como você sabe, o filme traz uma cena na qual Dom Toretto diz que Brian pode tomar a cerveja que quiser, desde que seja Corona.

“Com a pandemia do novo coronavírus se alastrando pelo mundo, não quero que os fãs da saga Velozes e Furiosos tenham uma impressão ruim de Dom Toretto ao vê-lo citar o nome da cerveja Corona enquanto assistem ao filme pela centésima vez. Este não é o momento para fazer piadas com o nome Corona”, comentou Vin Diesel. “É por isso que estou promovendo o recolhimento em massa das cópias do filme de locadoras e lojas.”

Ele continuou: “Também encorajo os que possuem cópias em casa que entreguem seus DVDs e fitas VHS nos postos temporários instalados em estacionamentos de shopping centers por todo o planeta. Para compensar a perda material, os fãs receberão um vale que pode ser trocado por um fardo de cerveja no supermercado de sua preferência. Qualquer cerveja, desde que não seja Corona.” (Dalmo Hernandes)

Matérias relacionadas

Volkswagen irá deixar o WRC no final deste ano

Leonardo Contesini

Audi não irá mais disputar as 24 Horas de Le Mans

Leonardo Contesini

Atenção, fãs de Gran Turismo: Brasil fará parte do GT Academy 2014

Leonardo Contesini