A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Mercedes planeja rival para Audi TT, Ford Fiesta RS é flagrado em testes, Renault pode comprar a Toro Rosso para voltar à F1 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Mercedes planeja rival para o Audi TT

1972447823542857907

A Mercedes pode estar desenvolvendo um rival para o Audi TT. Assim como o TT, o cupê compacto da Mercedes seria baseado em seu hatch médio, o Classe A. A apuração é dos alemães da Autobild.

Ainda não há detalhes sobre o modelo; sabe-se somente que ele usará motores de quatro cilindros da Classe A — provavelmente o 2.0 turbo dos modelos 250 e 45 AMG — e que terá uma versão conversível além do cupê fechado. Segundo a revista germânica, o projeto ainda não foi aprovado, mas caso receba o sinal verde, ele deve chegar em 2019.

 

O que acontece quando o airbag atrasa?

Como vimos há alguns dias, os airbags só conseguiram se tornar eficientes de verdade quando sua abertura se tornou mais rápida que um piscar de olhos. Afinal, ele precisa estar cheio antes de a sua cabeça acertar o volante do carro em caso de acidente. Para conseguir ser mais rápidos que a inércia do corpo do passageiro, os airbags são inflados por uma explosão de combustível sólido.

E como se imagina, uma explosão pode ser perigosa se as coisas não ocorrerem como planejado. Por exemplo: o que acontece se a inflação do airbag atrasar? Para mostrar de forma gráfica os riscos de se usar um airbag de qualidade inferior, a Honda divulgou esse vídeo usando uma melancia — que estoura e faz bastante sujeira para deixar os resultados ainda mais impressionantes. Resumidamente um airbag atrasado é, simplesmente, um estouro na sua cara. Você vai para a frente devido à inércia e, de repente, recebe um soco violentíssimo da bolsa de ar inflando. De travesseiro a luva de boxe em 0,1 segundo. Nem é preciso dizer o que isso pode causar à sua coluna cervical, certo?

 

Renault pode estar de olho na Toro Rosso para voltar à F1

FlatOut 2015-03-17 às 11.06.52

No final de fevereiro surgiram indícios de que a Renault poderia voltar à Fórmula 1 com uma equipe de fábrica. Agora, segundo os britânicos da Autosport, a Renault está de olho na Scuderia Toro Rosso, a equipe “B” da Red Bull e sucessora da Minardi.

Você pode estar se perguntando por que a Renault não reassume a Lotus, mas a resposta é simples: a equipe está endividada e sua aquisição implica na aquisição de uma dívida. O mesmo acontece com a Force India. Sobre a possibilidade da aquisição da Toro Rosso pela Renault, o chefão da equipe, Helmut Marko, declarou aos repórteres em Melbourne que a STR “pode ser vendida, mas não precisamos fazer isso” e “ainda que a Renault assuma a STR, haverá cooperação”.

As declarações fazem parecer que as negociações já estão avançadas, não? A cooperação à qual Marko se refere diz respeito ao atual sistema usado pela Red Bull, que usa a Toro Rosso como um programa para os novos pilotos. Vettel, Ricciardo e Kvyat foram três dos pilotos promovidos à equipe principal.

 

Fiesta RS é flagrado em testes

Ford-Fiesta-RS-2

Não é novidade que a Ford pode estar desenvolvendo uma versão RS para o Fiesta — modelo seria uma das 12 novidades que a Ford Performance pretende lançar até 2020. Agora, o pessoal do Carscoops flagrou um Fiesta bastante suspeito, rodando em comboio com uma dupla de Focus RS. Seria o super Fiesta em treinamento com os irmãos maiores?

O modelo flagrado está bastante camuflado, mas é possível notar bitolas mais largas, para-choques modificados e para-lamas alargados, além de algo que parece ser um intercooler em pé, no lado direito da grade. Algumas publicações chegaram a suspeitar de uma mula para a próxima geração, mas a presença do intercooler demonstra que trata-se realmente de uma versão apimentada do hatch.

Ford-Fiesta-RS-10

Além disso, a Ford Performance disse recentemente que haverá uma versão mais potente do Fiesta baseada na atual geração, então não temos motivo para duvidar de que este seja realmente o Fiesta RS em seus primeiros testes de desenvolvimento. Os detalhes sobre o modelo ainda são escassos, mas acredita-se que ele usará o mesmo motor 1.6 turbo do ST, porém modificado para produzir ao menos 220 cv. A maior dúvida, no entanto, é se ele terá tração integral como o Focus RS. A chegada do modelo é aguardada para 2017.

 

Matérias relacionadas

Você já pensou em ter um Fusca elétrico (ou uma Vespa elétrica)?

Leonardo Contesini

VW aumenta preços de Tiguan, T-Cross, Jetta e Polo/Virtus, Jeep Wrangler tomba em teste de colisão, o fim de Comedians in Cars e mais!

Garagem Citroën: as atualizações do ZX Coupé, do ZX Dakar e mais dois novos-velhos Citroën

Leonardo Contesini