A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Multas de SP são divulgadas na internet, VW pode relançar o Santana, um esportivo elétrico de 400 cv da Citroën DS e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Santana pode voltar ao Brasil

santana-1

Você talvez lembre que há alguns anos, antes mesmo da criação do FlatOut Brasil, a Volkswagen planejava ressuscitar o Santana no mercado Brasileiro. O modelo seria uma variação do sedã vendido atualmente na China e seria a resposta da Volkswagen ao Renault Logan — um sedã grande de baixo custo. O plano, contudo foi cancelado em 2014.

Agora, segundo o pessoal da revista Quatro Rodas, a Volkswagen retomou os planos de relançar o carro por aqui e até realizou clínicas com consumidores no Brasil, onde o modelo foi comparado a seus potenciais rivais, como o Chevrolet Cobalt e o Nissan Versa. De acordo com a apuração da revista, o modelo era diferente do Santana chinês e poderá usar motores 1.0 TSI e 1.4 TSI, embora a solução mais racional fosse o 1.6 MSI 16v. Caso a Volkswagen decida realmente lançar o modelo por aqui, isso acontecerá em 2017.

 

Prefeitura de São Paulo divulga na internet todas as multas emitidas na cidade

CET TESTA PISTOLA DE RADAR PORTÁTIL

Foto: Nelson Antoine / Fotoarena

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta semana o Painel Mobilidade Segura, um portal na internet que reune os dados das multas de trânsito aplicadas aos motoristas em toda a capital. O objetivo, segundo a prefeitura, é dar maior transparência a essas informações para que os motoristas tornem o trânsito mais seguro.

O site será atualizado a cada 70 dias, que é o tempo necessário para que a infração seja registrada e notificada ao motorista/proprietário.

 

Velozes e Furiosos 8 terá cenas na Islândia

Fast 8 teaser1

Já sabemos que Velozes e Furiosos 8 será filmado em Nova York, afinal é a cidade que aparece no teaser revelado por Vin Diesel há algumas semanas. Mas parece que a Big Apple não será a única locação do novo filme da saga.

akranes

 

Segundo o site Iceland Review, algumas das cenas serão filmadas na Islândia, mais precisamente na cidade de Akranes. A confirmação foi feita pelo prefeito da cidade, que ainda disse ao site que a equipe de produção do filme chegará à Islândia em abril deste ano. Ainda segundo o Iceland Review, a equipe pretende encenar a maior explosão já realizada no país, o que significa que este filme pode continuar mais furioso do que veloz.

Velozes e Furiosos 8 será lançado em 14 de abril de 2017, e terá outras duas continuações que serão lançadas em 19 de abril de 2019 e 2 de abril de 2021.

 

Citroën DS apresenta seu esportivo elétrico

DS-E-Tense-Concept-1

A DS (que agora não é mais Citroën DS) revelou nesta sexta-feira (26) as primeiras imagens do seu mais novo esportivo, o elétrico E-Tense que, segundo a marca, combina tecnologia de ponta com design de vanguarda.

Com 402 cv e 52,5 mkgf produzidos por seu motor elétrico, o E-Tense vai de zero a 100 km/h em 4,5 segundos e chega à máxima de 250 km/h. As imagens não deixam muito claro o porte do carro, mas ele será relativamente grande, com 4,72 metros de comprimento, 2,08 de largura e apenas 1,29 m de altura. O motor é alimentado por uma bateria de íons de lítio posicionada sob o monocoque de carbono do carro, e permite que ele rode até 360 km em ciclo urbano.

DS-E-Tense-Concept-2

Como todo carro moderno, a DS diz que o E-Tense é um carro esculpido pela aerodinâmica e traz elementos que remetem ao conceito Divine DS e até ao DS original, de 1955, caso das lanternas traseiras e dos piscas traseiros instalados no teto.

 

VW não quer entrar na Fórmula 1 devido às mudanças constantes nas regras

OPEN-1

Os rumores de que a Volkswagen poderia ingressar na Fórmula 1 parecem ter chegado ao fim. Ao menos é o que podemos concluir depois de ler a declaração do chefe da divisão de automobilismo do grupo VW, Wolfgang Durheimer aos britânicos da Autocar.

Segundo o executivo, o problema é a “natureza imprevisível” do esporte: “Em relação ao regulamento, há muitos rumores sobre os motores e a tecnologia em geral. Antes de comprometer o valor necessário você precisa ver cinco anos de estabilidade nas regras. Não pode haver possibilidade de mudanças nas regras, ou mais ou menos cilindros ou mudanças no sistema híbrido para uma direção oposta à dos carros de rua”.

Curiosamente, não foi o custo da F1 que fez Durheimer desistir da ideia. Ele deixou claro que a participação da Audi e da Porsche no WEC são mais custosas que a F1 devido às “tecnologias mais avançadas usadas na LMP1”. Soa como uma espetada e tanto, não?

 

Matérias relacionadas

Pikes Peak 2017: o que rolou na subida de montanha mais importante do automobilismo

Dalmo Hernandes

Simuladores voltam a ser obrigatórios em auto escolas, Koenigsegg One:1 quebra recorde de Spa, Fiat Toro flagrada com menos camuflagem e mais!

Leonardo Contesini

As rivalidades mais marcantes da indústria automotiva brasileira – parte 1: anos 60 e 70

Dalmo Hernandes