A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

A nova geração do Onix/Prisma, novo Audi A7 Sportback no Brasil, Jeep Hellcat chega aos 1.200 cv pela Hennessey e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicos, histórias de carros e pilotos, avaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

 

Nova geração do Onix/Prisma é revelada na China

Clisma

 

Com o Onix/Prisma chegando ao seu sétimo ano de estrada em 2019, a GM do Brasil já está preparando uma nova geração da dupla. O modelo já está em testes por aqui, mas até agora não havia o menor sinal de como ele será, visto que ainda circula sob pesada camuflagem. Mas como sua segunda geração será um modelo global, o novo Prisma já deu as caras na China, onde foi desenvolvido em parceria com a fabricante local SAIC, por meio de imagens vazadas de seu material de divulgação.

As fotos foram publicadas pelo site chinês AutoHome, e mostram um design evolutivo que poderia muito bem se passar por um facelift, não fosse o fato de ser baseado na nova plataforma GEM, inaugurada pelo Buick Excelle. De acordo com o material de divulgação, o novo Prisma — que é chamado de Onix na China — terá 4,47 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,47 metro de altura e 2,60 metros de entre-eixos. As medidas representam um aumento significativo em relação ao atual modelo, que tem 4,27 metros de comprimento e 2,52 metros de entre-eixos.

Clismarear

Outra informação publicada pelos chineses foi a motorização do novo Prisma. No mercado chinês ele terá um motor 1.3 aspirado de 103 cv e um 1.0 turbo de três cilindros e 116 cv. Os dois devem estrear no Brasil com esta nova geração do Onix/Prisma, porém deverão tem um pouco mais de potência devido à recalibragem para rodar com etanol e/ou gasolina E27. Nosso palpite, sem pensar muito, seria algo entre 110 e 115 cv para o 1.3 e 125 cv para o 1.0 turbo.

 

Novo Audi A7 Sportback será apresentado no Salão do Automóvel

a7-rear-1508436918

Depois de quase um ano desde sua apresentação na Europa, a nova geração do Audi A7 finalmente dará as caras no Brasil. Ele será apresentado no início de novembro durante o Salão do Automóvel em São Paulo.

A fabricante não confirmou quais versões serão trazidas para o Brasil, mas adiantou que ele terá rodas de 20 polegadas, bancos esportivos com couro Valcona, câmera de 360 graus, sistema de áudio Bang & Olufsen, kit esportivo S line, sistema multimídia MMI Navigation e hotspot wi-fi.

a7-side-1508436918

Todas as versões do A7 Sportback, por enquanto, são equipadas com o motor 3.0 TFSI de 340 cv e 51 kgfm combinado ao câmbio de embreagem dupla e sete marchas, que distribui a força às quatro rodas. Com esse conjunto o carro acelera de zero a 100 km/h em 5,3 segundos e vai aos 250 km/h.

Interior

Apesar de ser apresentado em novembro, o modelo só chegará às concessionárias no primeiro semestre de 2019.

 

Hennessey extrai 1.200 cv do Jeep Trackhawk

hpe1200-jeep-trackhawk-world-record-qt-mile-2-1539622555

Com a SUVização do mundo, era apenas uma questão de tempo para que eles começassem a se tornar esportivos e disputar tempos de aceleração e velocidade máxima. E, como você deve saber, quando se trata de recordes de velocidade a Hennessey sempre aparece com um desafiante. Desta vez, o desafiante é o HPE 1200 Trackhawk, a versão da Hennessey para o Jeep Grand Cherokee Trackhawk.

Como de praxe nos projetos da Hennessey, o número após o HPE indica a potência do carro, nesse caso 1.200 cv. Sim, a Hennessey fez um Grand Cherokee com 1.200 cv. Para extrair tudo isso do utilitário, a preparadora deu ao V8 Hellcat um novo supercharger de 4,5 litros, novos pistões, bielas, comandos de válvula, cabeçotes e coletores de escape. O resultado foi um aumento de 483 cv e 62,8 kgfm — praticamente um Challenger R/T inteiro a mais. Mas isso somente se você abastecer com gasolina de corrida.

hennessey-jeep-trackhawk-113-1539636273

Com esse novo conjunto ele vai de zero a 100 km/h em 2,3 segundos e completa os 402 metros em 9,7 segundos a 233 km/h. Mas para isso você precisa do combustível de corrida e também do jogo de pneus de arrancada. A parte mais legal do HPE 1200, contudo, é que a Hennessey não faz nenhuma modificação estética, o que significa que ele é um “sleeper”, de certa forma.

O que não é tão interessante é o preço: US$ 179.000 — ou R$ 670.000 em conversão direta —, mais que o dobro do modelo original, que sai por US$ 87.700 ou R$ 328.000 em conversão direta.

 

Rolls-Royce Cullinan poderá ganhar versão híbrida

cullinan-mr-1

A Rolls-Royce nunca escondeu que poderia adotar powertrains híbridos ou elétricos em seus carros, argumentando que a principal característica dos modelos não é o desempenho, mas a qualidade de rodagem — daí a tradicional opção da marca por motores seis-em-linha e V12, naturalmente balanceados pelo intervalo angular entre os tempos de combustão dos cilindros. Com os motores elétricos, os Rolls poderiam ser ainda mais silenciosos e ter uma rodagem ainda menos abalada pelo funcionamento do powertrain.

cullinan-tg-2

Embora a marca tenha mencionado os powertrains elétricos somente em conceitos futuristas até agora, um Rolls-Royce eletrificado pode estar mais perto do que se imagina. E ele pode vir da forma mais inusitada possível: no SUV Cullinan. É o que diz o pessoal do Top Gear.

A revista britânica apurou que o SUV deverá ser o primeiro Rolls-Royce com um powertrain híbrido, e será posicionado no topo da linha Cullinan. Isso significa que ele terá mais potência que o atual V12 biturbo de 6,75 litros e 571 cv. Ainda não há detalhes sobre a composição do powertrain, mas é certo que ele continuará baseado no atual V12 biturbo.

 

Harley-Davidson lança FXDR no Brasil

harleydavidsonfxdr

A Harley-Davidson apresentou nesta semana a nova FXDR no Brasil. O modelo foi lançado em agosto nos EUA e chegará às lojas em dezembro por R$ 80.200, e será a primeira de uma série de lançamentos que marcam a nova fase da Harley-Davidson. O modelo é baseado na linha softail e equipado com o motor Milwaukee-Eight 114, um V-twin de 1,868 cm³ e 16,8 kgfm de torque — a Harley não revela a potência do motor.

Matérias relacionadas

Sato vence Indy 500, Silverado pode voltar ao Brasil, Argo com nova identidade Fiat e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes

Isto é um Porsche Boxster transformado em um 356 Speedster. Você teria um?

Dalmo Hernandes

Nova geração do Renault Duster chega por R$ 72.000, os novos Koenigsegg Jesko Absolut e Aston Martin Speedster e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes