A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Novo Nissan Versa é lançado no Brasil, Mini confirma dois novos SUVs, o sucessor do Honda WR-V e mais

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Novo Nissan Versa chega por R$ 73.000

Enfim, o novo Nissan Versa é lançado no Brasil como novo representante da marca no segmento dos sedãs compactos – enquanto a geração anterior, rebatizada Versa V-Drive, permanece como opção de entrada. O carro chega em quatro versões, com preços que vão de R$ 72.990 pelo Versa Sense a R$ 92.990 pelo Versa Exclusive.

O visual do carro já era plenamente conhecido desde outubro do ano passado, quando a versão para a América Latina foi apresentada no México. Mas é interessante reafirmar a evolução do design no novo Versa, que em nada lembra a competente, porém desajeitada geração anterior. As proporções trazem muito mais harmonia e as formas da carroceria são muito melhor resolvidas. Sua identidade visual é a mesma do Nissan Kicks, porém aplicada a um três-volumes, e o resultado é feliz.

Em dimensões, o novo Versa cresceu onde importa: ele tem os mesmos 4,49 cm de comprimento que o anterior, porém 2 cm a mais de entre-eixos (com 2,62 m) e 4,5 cm a mais de largura (1,74). Com isto, ganha-se espaço interno sem ocupar mais espaço por fora.

A evolução no interior também é digna de nota – a arquitetura verticalizada do Versa antigo dá lugar a um ambiente mais arejado, com um console melhor integrado ao painel e, a partir das versoes intermediárias, uma bonita e bem posicionada tela de sete polegadas para a central multimídia.

O novo Versa será vendido nas versões Sense, Advance e Exclusive, sempre com motor 1.6 aspirado de 114 cv e 15,5 kgfm de torque – o mesmo do Kicks. Apenas a versão Sense terá opção por câmbio manual de cinco marchas, enquanto as outras só estarão disponível com câmbio CVT. Confira, a seguir, os preços e equipamentos de cada versão:

Nissan Versa 1.6 Sense MT5 (R$ 72.990): ar-condicionado, direção elétrica com regulagem da coluna em altura e profundidade, banco do motorista com regulagem de altura, comandos de som no volante, chave presencial e partida por botão, computador de bordo em tela de 3,5”, retrovisores elétricos, vidros elétricos com função one-touch para o motorista, seis airbags, controles eletrônicos de tração e estabilidade, hill-holder, alarme, Isofix, sensor de estacionamento traseiro e sistema de som com conexão USB e Bluetooth.

Nissan Versa 1.6 Sense CVT (R$ 77.990): mesmos equipamentos do Sense MT5, mais câmbio CVT, apoio de braço dianteiro e cruise control.

 

Nissan Versa 1.6 Advance CVT (R$ 83.490): todos os anteriores mais faróis com acendimento automático, banco traseiro bipartido, painel de instrumentos com tela colorida de 7”, rodas de liga-leve de 16”, câmera de ré, faróis de neblina, alerta de objetos no banco traseiro e sistema multimídia com tela de 7” e conexão Apple CarPlay e Android Auto.

Nissan Versa 1.6 Exclusive CVT (R$ 92.990): todos os anteriores mais ar-condicionado automático, faróis de LED, rodas de 17”, alerta de colisão frontal com frenagem automática, câmeras de 360°, detector de objetos em movimento, alerta de tráfego traseiro cruzado, monitoramento de ponto-cego e navegador por GPS integrado no sistema multimídia.

 

Mini confirma dois novos crossovers elétricos

Pouco depois de a informação ser publicada de forma extra-oficial, a Mini confirmou que em breve terá dois novos crossovers em sua linha – e os dois oferecerão propulsão totalmente elétrica em adição a versões com motor de combustão interna tradicional.

O anúncio faz parte de uma nova estratégia para reposicionar a linha de elétricos da Mini, que contará com o já conhecido hatchback e com os dois crossovers. Um deles será totalmente novo, enquanto o outro será a nova geração do Countryman.

A fabricante também garante que todos os modelos terão características tradicionais dos Mini – serão (relativamente) compactos, com uso inteligente do espaço interno; divertidos de dirigir; e manterão a linguagem de design atual da Mini.

Uma data exata de lançamento ainda não foi divulgada – até porque é cedo para isto – mas a Mini adianta que os três serão produzidos na China, em parceria com a Great Wall.

 

Honda ZR-V pode substituir atual WR-V

 

A Honda está trabalhando em um novo crossover compacto para, possivelmente, substituir o WR-V. De acordo com a imprensa asiática, a fabricante convocou seus braços na Índia e na Indonésia para desenvolver o ZR-V, que deverá usar como base o sedã compacto Honda Amaze – que, na Índia, fica abaixo do Honda City. A base do Amaze, por sua vez, é o Honda Brio (que há alguns anos era dado como certo no Brasil, mas nunca veio).

O nome ZR-V ainda não foi confirmado, mas fontes ligadas à marca dizem que a probabilidade é grande. O veículo deverá ter uma silhueta mais tradicional que o WR-V, com capô mais proeminente e menos semelhanca com um Honda Fit. A Honda, porém, mantém o design em segredo.

Na Índia e países vizinhos o ZR-V deverá usar um motor 1.2 a gasolina de 90 cv e um turbodiesel de 1,5 litro e 100 cv. Por ora, não se fala na oferta do modelo em mercados emergentes ocidentais, mas a possibilidade não é descartada pela Honda.

 

Peugeot Landtrek será lançada na América Latina em novembro

A Peugeot confirmou a picape Landtrek para a América Latina. Desenvolvida e fabricada em parceria com a chinesa Changan, a Peugeot Landtrek será lançada na América Latina no dia 24 de novembro. Inicialmente ela será vendida em Equador, Peru, Guatemala, Panamá, Paraguai, República Dominicana e Uruguai. Em 2021, é a vez de Brasil, Argentina e Chile – ainda sem data exata definida.

A picape será a aposta da Peugeot no concorrido segmento onde atuam Toyota Hilux, Volkswagen Amarok, Chevrolet S-10, Ford Ranger, Mitsubishi L200 Triton e Nissan Frontier. Mas ainda não se sabe quais serão os motores usados no Brasil – o 2.4 turbo de 210 cv a gasolina e o 2.0 turbodiesel de 130 cv são os mais cotados para a versão local, que deverá contar também com tração 4×4 com reduzida e blocante no diferencial traseiro.

 

Ares Design apresenta o S1 Project Spyder

A Ares Design apresentou há não muito tempo o S1 Project, supercarro feito com base no Corvette C8, e equipado com um V8 aspirado de 715 cv. Agora, a empresa de Dany Bahar apresenta o S1 Project Spyder, que pega o mesmo conceito mas dá a ele uma carroceria barchetta – isto é, sem teto, capota ou qualquer tipo de para-brisa. É um carro totalmente aberto.

Plataforma e todo o design da dianteira são iguais aos da versão cupê, incluindo faróis e para-choques. O mesmo ocorre na traseira, que tem uma lanterna horizontal percorrendo toda a largura do veículo e duas saídas de escape no deque. Contudo, o habitáculo do S1 Project Spyder fica totalmente exposto, exibindo o refinado acabamento de couro Nappa marrom com costuras matelassê.

O conjunto mecânico será exatamente o mesmo do S1 Project cupê, usando como ponto de partida o powertrain do Corvette C8, devidamente massageado para entregar 715 cv e 133,9 kgfm de torque. Com câmbio de dupla embreagem e oito marchas, o supercarro deverá ir de zero a 100 km/h em 2,7 segundos.

Assim como a versão fechada, o Ares S1 Project Spyder será feito em quantidade limitada, com 24 exemplares previstos.

Matérias relacionadas

Disco, Sammy Hagar e Modena: a louca história do Cizeta V16T

Marco Antônio Oliveira

Pinnacle Portfolio: uma das coleções mais fantásticas do planeta será leiloada

Dalmo Hernandes

Rally dos Sertões: a história do cross-country que atravessa o Brasil há quase 30 anos

Dalmo Hernandes