A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Porsche 911 Turbo, o fim do Cobalt, STF irá julgar recusa de bafômetro e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Chevrolet Cobalt deixa de ser produzido depois de nove anos

Como esperado desde o lançamento — e do sucesso — do Chevrolet Onix Plus, a GM do Brasil encerrou a produção do Cobalt em sua fábrica de São Caetano do Sul, abrindo espaço para a chegada do novo Tracker. O modelo já vinha perdendo destaque na linha da GM, sendo preferido apenas por frotistas e taxistas nos últimos anos e teve sua aposentadoria praticamente decretada com a chegada do Onix Plus, que ficou maior que o Prisma de segunda geração.

O modelo segue oferecido devido às unidades em estoque, aparentemente todas na versão LTZ, equipada com o motor 1.8 de 111 cv e câmbio automático de seis marchas, sistema multimídia, ar-condicionado e vidros elétricos. O modelo era anunciado no site da GM por R$ 69.990, mas certamente terá descontos a partir de agora, afinal, o Virtus MSI básico sai por R$ 66.000 e oferece mais itens de série que o Chevrolet, e o próprio Onix Plus Turbo custa praticamente o mesmo e tem mais atrativos. Para esgotar os estoques,  Cobalt precisará de descontos realmente generosos. (Leo Contesini)

 

Porsche divulga teaser do novo 911 Turbo

O próximo grande lançamento da Porsche será o novo 911 Turbo. A versão mais nervosa do nine-eleven já vem sendo flagrada em testes há alguns meses, e agora a fabricante decidiu quebrar o silêncio: junto com alguns teasers, a fabricante deu uma data de lançamento: o próximo dia 3 de março, também conhecido como “amanhã”.

A ideia era mostrar o carro no Salão de Genebra mas, como o evento foi cancelado por conta da epidemia do Coronavirus, a Porsche vai revelar o 911 Turbo em uma coletiva transmitida ao vivo pela Internet, a partir das 6:10 da manhã (horário de Brasília).

A Porsche divulgou, ao todo, sete imagens. Uma delas mostrando a silhueta do 911 Turbo visto por trás; outra mostra apenas parte do capô e um dos faróis; e as outras cinco trazem o carro coberto, visto sob vários ângulos. Em quase todas as fotos é possível notar os para-lamas bem mais largos característicos do 911 Turbo, e também a asa traseira fixa. É o bastante para fazer a imaginação voar.

Ainda não foram dadas especificações técnicas, mas fala-se em ao menos 650 cv na versão Turbo S. Já estamos ansiosos. (Dalmo Hernandes)

 

STF irá decidir se punição à recusa de teste de alcoolemia é constitucional

O Supremo Tribunal Federal (STF) irá analisar a constitucionalidade da punição ao motorista que se recusar a fazer o teste de alcoolemia. Desde 2016 a recusa é considerada infração gravíssima e punida com multa multiplicada por dez e suspensão do direito de dirigir por 12 meses, além de recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo.

O problema é que a redação deste artigo, a ideia de obrigar a pessoa a realizar o teste de alcoolemia, contraria o princípio jurídico que assegura ao acusado o direito de se manter calado — a base para a ideia de não produzir provas contra si mesmo (nemo tenetur se detegere) —, previsto pelo artigo 5º da Constituição Federal, que estabelece que o preso será informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer calado.

Daí o questionamento da obrigatoriedade de se realizar o teste de alcoolemia como alternativa à punição por multa e suspensão da habilitação — a mesma pena aplicada a quem dirige embriagado. Isso, teoricamente, elimina a presunção de inocência ao considerar e fere o princípio jurídico de não produzir provas contra si mesmo, que é a finalidade do direito ao silêncio.

O questionamento foi levado ao Supremo Tribunal Federal depois que o Detran do Rio Grande do Sul recorreu à corte para rever uma decisão que anulou a multa aplicada a um motociclista de Cachoeirinha/RS, que se recusou a realizar o teste e argumentou na defesa que não ingeriu álcool e que se recusou a fazer o teste porque não confiava no aparelho. Além disso, seus advogados argumentaram que “a recusa é uma garantia constitucional que não pode ser considerada ato ilícito”.

O processo chegou ao STF em agosto do ano passado, mas somente agora foi votado em plenário virtual para ser discutido pelos ministros no plenário e, assim, julgar uma definição sobre a constitucionalidade da infração. A decisão do STF irá orientar as decisões de instâncias inferiores, ou seja: caso seja julgado inconstitucional, o motorista não poderá mais ser punido por se recusar a fazer o teste de alcoolemia, embora ainda esteja sujeito a enfrentar um processo administrativo caso o agente responsável pela abordagem anote no auto de infração a recusa e declare sintomas visíveis de embriaguez.

Ainda não há data para o julgamento do caso, mas ele deverá acontecer ainda neste ano. (Leo Contesini)

 

Honda Bros 160 ganha série Special Edition inspirada na CRF

Como aconteceu recentemente com a CG 160 e a Twister 250, a Honda NXR 160 Bros também ganhou uma série especial na última sexta-feira (28), a Bros 160 Special Edition. O diferencial fica por conta da cor vermelha, presente nas carenagens e no banco, com detalhes em branco. O esquema de cores é inspirado nas motos de trilha da linha Honda CRF, que não podem rodar em vias públicas.

Fora o visual, a Honda Bros 160 Special Edition não traz outras modificações. Ela continua movida por um motor monocilíndrico de 162,7 cm³ com 14,7 cv e 1,6 kgfm de torque, ligado a um câmbio de cinco marchas; rodas de 19 polegadas na dianteira e 17 polegadas na traseira e freios combinados (CBS).

A Honda Bros 160 Special Edition custa R$ 13.160, sendo R$ 300 mais cara que a Bros “normal”, que custa R$ 12.860. (Dalmo Hernandes)

 

Nissan Versa Special Edition é lançado por R$ 63.390

O Nissan Versa também ganhou uma edição especial chamada Special Edition na última sexta-feira (28). O sedã já está nas concessionárias da marca, com preço definido em R$ 63.390.

O Nissan Versa Special Edition é baseado na versão S e, como tal, tem motor 1.6 de 111 cv e 15,1 kgfm de toque. Em vez da caixa manual, porém, o carro vem equipado com câmbio CVT. Ele também ganha uma lista de equipamentos de série mais generosa, que inclui ar-condicionado; volante multifuncional; computador de bordo; volante com regulagem de altura; travas elétricas por controle remoto; e central multimídia com touchscreen de sete polegadas, conexão Bluetooth e integração com smartphones Android e iOS.

Vale lembrar que a nova geração do Versa chegará ao Brasil ainda neste ano, importada do México, ocupando um segmento superior – esta nova edição especial certamente tem o objetivo de aquecer as vendas do modelo atual, que continuará sendo vendido como opção mais em conta. (Dalmo Hernandes)

 

BMW Concept i4 ganha teaser às vésperas da estreia

Ainda sobre fabricantes alemãs e seus planos para amanhã: a BMW também divulgou um teaser – mas não para um lançamento, e sim para a estreia do Concept i4. Trata-se, pelo que tudo indica, de uma versão elétrica do Série 4 Gran Coupé.

Embora a BMW não tenha revelado dados oficiais, especificações técnicas vazadas em novembro de 2019 falam em potência de ao menos 530 cv e autonomia de 600 km com uma carga, graças a um conjunto de baterias de 80 kWh. Não se sabe mais dados técnicos por enquanto, mas a espera acaba amanhã. Da mesma forma que a Porsche com o 911 Turbo, a ideia da BMW era mostrar o carro em Genebra, mas com o Salão cancelado, restará à fabricante fazer uma transmissão ao vivo pela Internet.

Espera-se que o Concept i4 traga formas muito próximas do modelo de produção, como a BMW vem fazendo com seus lançamentos mais recentes. (Dalmo Hernandes)

Matérias relacionadas

Pé na estrada: estas são minhas cinco rodovias favoritas para dirigir

Leonardo Contesini

AMC Eagle: o primeiro crossover compacto da história

Dalmo Hernandes

Toyota Celica GT 2002: novos upgrades no motor e mais uma etapa do Time Attack com o Project Cars #114

Leonardo Contesini